Participar ativamente de todos os processos de produção de uma notícia é uma das principais funções dos profissionais que trabalham com o Jornalismo. Para que esse papel seja desempenhado com qualidade, o jornalista precisa ter domínio do português, capacidade de expressão, senso crítico e bastante bagagem cultural.

Todo esse conhecimento pode ser adquirido através de leitura, séries e filmes. Momentos de lazer podem ensinar muito sobre a profissão. Gabriella Giovanini Lima, de 22 anos, está no 4º semestre da faculdade de Jornalismo e tem este hábito. “Assistir filme é o meu hobby. Gosto de vários gêneros. Antes da faculdade eu não tinha o costume de assistir muitos filmes que envolviam o jornalismo na trama mas, agora que estou nessa graduação, já tive oportunidade de assistir alguns”. Para conhecer mais sobre a sua área, a estudante também assiste algumas séries. “Umas das minhas favoritas é House of Cards que retrata bastante aspectos políticos”, contou.

Se, assim como Gabriella, você também pensa em fazer uma faculdade de jornalismo, confira inclui filmes antigos e recentes que mostram os bastidores de várias áreas do Jornalismo.

The Panama Papers – 2017

Conta a histórica real dos dois jornalistas alemães que conseguiram revelar manobras de evasão de divisas após terem acesso a milhões de documentos da Mossack Fonseca, uma sociedade de advogados panamenha que administra empresas offshore.

O filme está disponível somente no Netflix e é muito importante para quem deseja entrar na profissão porque mostra o uso do big data no Jornalismo. Atualmente, as redações do mundo todo estão investindo em tecnologia para análise e cruzamento de dados.

Cidadão Kane – 1941

Inspirado na vida do milionário William Randolph Hearst, magnata estadunidense dono de uma grande rede de jornais, Cidadão Kane é narrado através de memórias pesquisadas por um jornalista. Apesar de se pautar na história de Hearst, no filme, o personagem principal se chama Charles Foster Kane, que vai de garoto pobre do interior a dono de um império de jornalismo e publicidade.

Lançado em 1941, conquistou o Oscar de Melhor Roteiro Original no ano seguinte. Apesar do prêmio, o filme só alcançou sucesso de público ao ser relançado em 1956.

Vencedor do Óscar 2016 de melhor filme, Spotlight narra a investigação que a equipe do jornal The Boston Globe fez sobre os casos de pedofilia e abuso sexual cometidos por membros da arquidiocese católica de Boston. Essa investigação foi realizada no começo dos anos 2000 e rendeu à equipe do jornal o Prémio Pulitzer em 2003.

Um fato importante do filme é que ele mostra que, às vezes, o jornalista precisa deixar de lado suas crenças e ideologias para divulgar a verdade. Também relata a influência da Igreja na imprensa e em outros setores, como o jurídico e o político.

O Abutre – 2014

Conta a história de um jovem que entra no mercado independente do jornalismo policial, após não conseguir um emprego formal. Ele e seu assistente começam a filmar crimes e acidentes de trânsito para vender para os jornais televisivos. Com o tempo, ele percebe que pode ganhar mais dinheiro “fabricando” as notícias.

O Abutre nos faz refletir sobre o sensacionalismo dos telejornais policiais, tão comuns no Brasil e o interesse do ser humano em acontecimentos trágicos e mórbidos.

Todos os Homens do Presidente – 1976

O filme, de cunho histórico, se passa nos Estados Unidos no início da década de 70 e relata a investigação jornalística que culminou na renúncia do então presidente Richard Nixon. Pautado na realidade, o longa exibe cenas históricas combinadas com aquelas que foram gravadas por atores.

Jornalismo é o seu sonho?

Segundo dados do Censo da Educação Superior (2016) divulgados pelo INEP e Ministério da Educação (MEC). No Brasil, 314 universidades, entre elas, publicadas e privadas, oferecem o curso de Jornalismo e Reportagem – que incluiu cinema e vídeo, comunicação social, jornalismo e rádio e tele-jornalismo. Em 2016, o número de ingressos foi de 21.985 e o de formandos foi de 10.524.

Se o seu sonho for seguir nessa área, o Educa Mais Brasil pode te ajudar. O programa educacional oferece bolsas de estudo de até 70% de desconto para essa e outras graduações. Não perca tempo, acesse o site do Educa Mais Brasil e confira todas as oportunidades disponíveis na sua região. É gratuito.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.