Equipes têm poucas esperanças de achar sobreviventes em prédio desabado na Rússia - Ilya Moskovets / Reuters
Equipes têm poucas esperanças de achar sobreviventes em prédio desabado na Rússia – Ilya Moskovets / Reuters

Subiu para 38 o número de vítimas fatais no desabamento de um prédio residencial na cidade de Magnitogorsk, na Rússia. O edifício ficou parcialmente destruído após uma explosão, supostamente provocada por um vazamento de gás, na segunda-feira (31).

No início da tarde desta quinta-feira (3), quarto dia de trabalhos de resgate, as autoridades russas confirmaram a retirada do corpo de uma mulher dos escombros.

As chances de se encontrar sobreviventes são praticamente nulas. Além da gravidade de possíveis ferimentos provocados pelo desabamento, o severo inverno russo torna quase impossível sobreviver por quatro dias.As temperaturas em Magnitogorsk chegaram a 20 graus negativos nos últimos dias.

Resgate de bebê

Leia também:  Avião cai com 189 pessoas a bordo e possivelmente não haja sobreviventes

Por estas condições, o resgate de um bebê de 11 meses com vida no dia 1º pode ser considerado extremamente surpreendente.

De acordo com os socorristas, o fato dele estar dormindo e enrolado em várias camadas de cobertas ajudou a protegê-lo, especialmente do frio.

Ainda assim, o bebê sofreu graves queimaduras provocadas pelo frio intenso e uma concussão. Ele foi transferido na quarta-feira para Moscou, em um avião especial do Ministério da Defesa Civil e Emergências.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.