Rondonópolis exportou US$ 1,318 bilhão durante o ano de 2018. Conforme os dados da Secretaria de Comércio Exterior, a cidade possui 12,8% das exportações de Mato Grosso (MT) e  está na primeira posição no ranking das cidades que mais exportam no Estado.

O país que mais recebeu produtos da cidade foi a Tailândia, recebendo 25% das exportações. As tortas e outros resíduos sólidos de soja são responsáveis por 67% do volume exportado, enquanto a soja propriamente dita foi responsável por 13% das exportações do município.

De janeiro a dezembro de 2018, as importações da cidade chegaram a US$ 631 milhões. Esse valor importado coloca o município como o maior importador de Mato Grosso, sendo responsável por 39,6% das importações do Estado.

O milho foi responsável por 9,6% do total exportado, enquanto a carne bovina foi responsável por 2% e o óleo de soja foi responsável por 1,5% do total exportado por Rondonópolis.

A Indonésia, China e os Países Baixos (Holanda) foram os que mais exportaram. Já os países de Belarus, Rússia e Canadá foram os que mais importaram produtos para Rondonópolis durante o período de janeiro a dezembro. Os produtos mais importados foram os adubos usados no plantio da soja e do milho.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.