Uma família de Tangará da Serra está desesperada em busca de uma vaga em uma UTI pediátrica para o bebê Nicolas que está em estado gravíssimo.

O bebê de cinco meses tem anemia e deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no dia 26, ficou na pediatria e teve crise respiratória e em seguida foi encaminhado para a semi-uti, onde teve mais 7 crises agravando o seu estado.

O estado de saúde de Nícolas é gravíssimo e precisa urgentemente receber atendimento em uma UTI pediátrica. A família já procurou a Defensoria Pública da cidade, porém até o momento nenhuma providência foi tomada.

A secretária Municipal de Saúde, Dienefer Feix, informou que não há vagas e nem previsão para conseguir atender ao menino. “Não está tendo vaga em todo o Estado. Nossos médicos estão ligando incansavelmente na regulação de urgência. A criança precisa de UTI Pediátrica e em Tangará não tem, apenas a Neonatal. Os leitos são do estado e são eles que os administram. Mas sem previsão de vaga”, alegou a secretária.

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.