Promotores franceses começaram a investigar o interior da Catedral de Notre-Dame, em Paris, para descobrir as causas do incêndio que danificou seriamente a estrutura histórica.

Na quarta-feira (17), autoridades disseram que especialistas e investigadores entraram em partes da catedral para iniciar o trabalho. Eles não haviam conseguido entrar no local devido ao temor de que toda a estrutura pudesse ruir. O incêndio de segunda-feira devastou a catedral, destruindo seu pináculo de 90 metros de altura e cerca de dois terços do teto.

Os promotores investigam a possibilidade de que o incêndio tenha começado por negligência. Há suspeitas de que o trabalho de restauração, que teve início no ano passado, tenha alguma relação com o fogo. Os promotores já interrogaram cerca de 30 pessoas envolvidas no trabalho.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.