03 de agosto de 2021
Mais
    Capa Destaques Defesa Civil MT fará parte do plano de prevenção e combate a...
    QUEIMADAS

    Defesa Civil MT fará parte do plano de prevenção e combate a incêndios florestais

    Mais uma vez foi reforçado que incêndios florestais afetam a qualidade de vida da população

    O Corpo de Bombeiros Militar apresentou, neta semana, o Plano de Operações para Temporada de Incêndios Florestais (Potif 2019) à Defesa Civil de Mato Grosso, com destaque para as ações preventivas, preparatórias para a estação seca que se aproxima em Mato Grosso. Foi dada atenção especial à descrição das principais ações em que a Defesa Civil do Estado está inserida.

    O Batalhão de Emergências Ambientais (BEA) do CBMMT propôs a inclusão de uma ação no Plano Plurianual voltada para desastres ambientais com o intuito de fortalecer as ações de Incêndios Florestais e Emergências com Produtos Perigosos. Para aprimorar a efetividade das medidas, foi solicitada a participação efetiva da Defesa Civil nos trabalhos desenvolvidos pelo Centro Integrado Multi-agências de Coordenação Operacional (CIMAN).

    A Defesa Civil estadual também foi convidada a participar das ações da Semana de Prevenção e Preparação aos Incêndios Florestais em Mato Grosso (SP2IF), realizada habitualmente num dos municípios com economia baseada no agronegócio.

    “A Defesa Civil, apoiará CBMMT no enfrentamento aos incêndios florestais, visto que trata-se de um evento codificado como desastre e que traz graves danos materiais e ambientais e consequentemente, prejuízos econômicos e sociais a Mato Grosso”, afirmou o Cel BM Cesar Viana de Brum, secretário-adjunto de Proteção e Defesa Civil.

    O planejamento e preparação para a temporada de incêndios florestais acontece sempre antes do início da estação seca. “A reunião foi extremamente salutar, pois a Defesa Civil é um órgão importante no planejamento estratégico direcionado para a prevenção e combate à incêndios florestais no Estado de Mato Grosso”, disse o comandante do BEA, ten cel BM Dércio Santos da Silva.