02 de agosto de 2021
Mais
    Capa Destaques Botelho antecipa que não irá disputar as eleições de 2020
    FORA DAS ELEIÇÕES

    Botelho antecipa que não irá disputar as eleições de 2020

    O nome dele circulou nos bastidores da política para duas possibilidades

    Imagem: Eduardo Botelho refletindo
    Botelho aproveitará a licença para projetar futuro político – Foto: reprodução

    O presidente da Assembléia Legislativa de Mato Grosso, Eduardo Botelho (Dem), confirmou a pouco para a imprensa que não irá disputar as eleições municipais de 2020. O nome dele circulou nos bastidores da política para duas possibilidades, tanto a disputa pela prefeitura de Cuiabá como de Várzea Grande.

    Na capital de Mato Grosso ele iria enfrentar Emanuel Pinheiro (MDB) em possível tentativa de reeleição. A notícia da desistência de Botelho reforçou nos rumores de aproximação do Democratas com o atual prefeito e as conversas para que o partido indique o vice na chapa majoritária.

    Lembrando que o apresentador e ex-prefeito Roberto França está de namoro com o Dem e cairia como uma luva na chapa de Emanuel. O prefeito já teria demostrando simpatia ao nome para as pessoas mais próximas.

    Botelho também era cotado para a prefeitura de Várzea Grande, seria o candidato que receberia o apoio do senador Jayme Campos, que é muito forte na cidade. Mas o nome não empolgou o eleitorado. E hoje o presidente da Assembléia Legislativa confirmou.

    “Já enviei um comunicado ao partido, ao diretório, avisando da minha decisão. Fiz isso para que não fiquem especulando quanto a possível candidatura, ela não vai acontecer”, concluiu Botelho.