A blogueira Lidiane Campos, se apresentou na manhã desta quarta-feira (14) na Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran) de Rondonópolis, para prestar depoimento, sobre o seu envolvimento em um acidente que resultou na morte de uma criança de 3 anos, no último domingo (11). Ela entrou e saiu da Delegacia acompanhada de amigos e dois advogados e não quis dar entrevista.

Já o seu advogado, Wilson Lopes, na saída da Delegacia manteve a versão de que Lidiane Campos não fugiu do local, porém que ela teria sido auxiliada por uma pessoa que passava pelo lugar do acidente. “Houve uma manifestação popular, e uma terceira pessoa que passava pelo local, se sensibilizou e a retirou do lugar para que ela não fosse hostilizada”, alegou.

Imagem: Lidiane Campos
Lidiane Campos deixa a Delegacia -Foto: Varlei CorDova / AGORA MATO GROSSO

O advogado disse que aguardou a intimação policial para que sua cliente pudesse se apresentar, por isso apenas hoje compareceu a delegacia. Ele também argumenta que Lidiane não estava em alta velocidade e que aguarda o resultado da Perícia Técnica.

“É notório que se estivesse em alta velocidade o airbag teria ativado e que também o dano nos veículos teriam sido maiores”, relata.

O advogado afirmou ainda que entrou em contato com a família e que eles não aceitaram ajuda financeira para o funeral.

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.