Imagem: ef231e90 9619 4a11 9e36 584675f78144
Madeira apreendida – Foto: PRF

Fiscais do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) juntamente com a Policia Rodoviária Federal apreendeu na manhã deste sábado (07.09), em Rondonópolis, uma carga de madeira com 100% de castanheira (Bertholetia excelsa), cujo corte e comercialização são proibidos por lei, por ser fundamental para a ecologia da Floresta Amazônica, pela sua importância na biologia da conservação das espécies que dependem dela.

“As castanheiras constam em listas de espécies ameaçadas de extinção. O corte e uso dessas árvores são proibidos sob qualquer aspecto, sem permissão da autoridade competente”, explicou a presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Pecuário e Florestal de Mato Grosso (Sintap), Rosimeire Ritter.

De acordo ainda com a presidente do Sintap/MT, a parceria com outros órgãos como PRF, Sema, Sefaz, Polícia Ambiental e Ibama são de extrema importância para o bom andamento do trabalho de fiscalização do Indea.

“O trabalho dos nossos servidores é essencial para se combater essa prática aqui em Mato Grosso e somando esforços com esses outros órgãos o trabalho fica ainda mais eficaz”, afirmou ela.

Após a equipe de fiscais do Indea detectar a irregularidade da carga, proveniente do estado de Rondônia, o caminhão com a carga juntamente com o responsável pelo transporte foram encaminhados para a Policia Ambiental. “Ele deverá responder por crime ambiental, pagar multa e ser autuado pelo transporte ilegal desta madeira”, explicou o responsável pela equipe de fiscais, José Roberto.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.