Imagem: SUSPEITOS PRESOS
Suspeitos presos após o roubo – Foto: Divulgação/ PMMT

Mais uma quadrilha especializada em roubo foi desarticulada pela Polícia Militar de Rondonópolis na noite desta sexta-feira (02). Os suspeitos, após o roubo e perseguição, invadiram uma casa e fingiram estar dormindo.

Kaique Franca Xavier, 18 anos, Weslley da Silva Borges, 24 anos, Oseias Brito dos Santos, 21 anos, Carlos Vinicius Marinho de Oliveira, 19 anos, Alexandre Alves da Silva, 21 anos, João Paulo Moreira de Souza, 24 anos, Wigor Conceição Leal, 19 anos, e um menor de 17 anos foram levados a 1ª Delegacia de Polícia.

De acordo com as vítimas que já estavam dormindo no momento do roubo, os suspeitos chegaram ao sítio e os cachorros começaram a latir, momento em que um dos moradores levantou para ver o barulho e foi rendido por um bandido. Outras duas vítimas estavam na cama e foram acordadas por outros dois suspeitos. Eles estavam armados e foram muito violentos, com ameaças de morte, socos e chutes a todo momento.

Imagem: motos usadas no crime
Motos usadas no crime – Foto: Divulgação /PM

Ainda segundo uma das vítimas, ele chegou a ser agredido pelas costas com um golpe de arma de fogo no momento em que estava sendo levado ao banheiro.

As guarnições ordinárias e de Força Tática foram acionadas e fizeram um cerco nas possíveis rotas de fuga. Acuados, os suspeitos bateram os carros, abandonaram e saíram fugidos para uma área de mata.

Ainda em diligências, os policiais localizaram, ao lado de uma residência no bairro Vila Mineira, pertences das vítimas e um rádio que era usado para acompanhar o trabalho policial.

A proprietária foi chamada e afirmou que havia saído para tirar o lixo quando os indivíduos invadiram a casa. Eles foram encontrados fingindo que estavam dormindo.

Os suspeitos foram reconhecidos pelas vítimas e várias roupas molhadas, possivelmente usadas na fuga, e celulares e capas de celulares das vítimas foram encontradas na casa. As armas não foram encontradas.

Questionados, os suspeitos falaram que eram amigos da dona da casa e do filho dela e que com frequência visitam a casa e não a ameaçaram.

Um deles já possui passagens pela polícia.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.