20 de setembro de 2020
Mais
    Capa Entretenimento Saúde e Bem-estar Jornadas prolongadas em escritório aumentam risco de ter pressão alta
    SAÚDE

    Jornadas prolongadas em escritório aumentam risco de ter pressão alta

    Trabalhar mais de 49 horas semanais em escritórios aumenta as chances de desenvolver hipertensão arterial na comparação com quem trabalha 35 horas.

    Os pesquisadores canadenses estudaram mais de 3.500 funcionários de instituições públicas em Quebec.

    As rotinas de trabalho de 49 horas semanais ou mais significavam uma probabilidade 70% maior de ter hipertensão mascarada e de 66% de hipertensão sustentada.

    Pacientes com hipertensão mascarada apresentam leituras normais de pressão arterial em consultas médicas. O diagnóstico dessa alteração é confirmado com equipamento que monitora o indivíduo por 24 horas, inclusive durante o sono.

    Já a hipertensão sustentada é aquela com as leituras elevadas dentro e fora de um ambiente clínico.

    Os resultados mostraram ainda que funcionários com jornadas entre 41 horas e 48 horas semanais tinham 54% mais probabilidade de ter hipertensão mascarada e 42% mais chances de desenvolver hipertensão sustentada.

    “A pressão alta mascarada e sustentada está ligada a um maior risco de doença cardiovascular”, alerta o principal autor do estudo, Xavier Trudel, professor do Departamento de Medicina Social e Preventiva da Universidade Laval, em Quebec.

    As doenças cardiovasculares são as que mais matam em todo o mundo. No Brasil, infarto e AVC (acidente vascular cerebral) respondem por 31,5% do total de óbitos de causas naturais.

    “As associações observadas foram responsáveis pelo estresse no trabalho, um estressor definido como uma combinação de altas demandas de trabalho e baixa autoridade de tomada de decisão. No entanto, outros estressores relacionados podem ter um impacto”, afirma Trudel.

    “Pesquisas futuras podem examinar se as responsabilidades familiares — como o número de filhos de um trabalhador, as tarefas domésticas e o papel de babá — podem interagir com as circunstâncias do trabalho para explicar a pressão alta”, acrescenta.

    A principal recomendação de Trudel é de que as pessoas estejam atentas às longas jornadas de trabalho em escritórios.

    “Se estiverem trabalhando longas horas, devem perguntar aos médicos sobre a verificação da pressão arterial ao longo do tempo.”

    O estudo não incluiu trabalhadores que realizam atividades manuais, como aqueles da área de agricultura, manufatura, construção ou setor de serviços.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS