25 de outubro de 2020
Mais
    Capa Destaques Kleison Teixeira diz que objetivo principal de candidatura é dar visibilidade ao...
    SUCESSÃO MUNICIPAL

    Kleison Teixeira diz que objetivo principal de candidatura é dar visibilidade ao seu partido

    Estreante na política, o candidato diz que pretende trabalhar para elevar o nível do debate na campanha eleitoral

    O candidato a prefeito Kleison Conceição Teixeira, 33 anos, do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) diz ter propostas importantes e exequíveis para a cidade, mas defende que o principal objetivo de sua candidatura seria desfazer a imagem negativa que seu partido adquiriu em eleições anteriores. Formando em Ciências Políticas, é estreante na política local e sai candidato com uma chapa pura, tendo como candidato a vice Marcelino Dias, que é do mesmo partido.

    Imagem: Kleison Teixeira PSOL Kleison Teixeira diz que objetivo principal de candidatura é dar visibilidade ao seu partido
    “Queremos que a população entenda os nossos projetos e melhorar a imagem no município”, diz Kleison Teixeira – Foto Varlei Cordova / AGORA MT

    O psolista diz que foi convidado a se candidatar pelo seu partido, por conta de alguns projetos que desenvolveu na faculdade, quando estudava políticas públicas, como a implantação do asfalto de borracha, que utilizaria a borracha de pneus descartados na composição do asfalto, o que não só daria uma maior resistência ao composto, retiraria os pneus usados da natureza. “Me convenceram que como criador dos projetos, eu seria a melhor pessoa para explica-los para a população”, informou.

    Outro projeto relevante defendido por Kleison Teixeira é o que o próprio chama de “Anexo Cultural”, que como o nome já sugere, seria uma grande estrutura voltada para a divulgação de trabalhos culturais e para o fomento projetos na área, gerando empregos e proporcionando à juventude uma opção de lazer e cultura. “Nesse local, teríamos um museu, um teatro municipal, um cinema e uma biblioteca municipal, isso tudo num único espaço. Dessa forma, fomentamos a indústria cultural e proporcionaremos o acesso aos jovens à cultura, que é algo que no momento ele não tem acesso”, completou.

    Membro de um partido pequeno e com reduzidas chances de vitória, o candidato afirma que pretende usar o período de campanha eleitoral para elevar o nível de politização dos debates e melhorar a imagem do PSOL junto ao eleitorado local. “Em 2016, o partido lançou uma candidatura que infelizmente não teve um impacto positivo e hoje o partido pensa em recuperar espaço, como é óbvio, mas ao mesmo tempo queremos que a população entenda os nossos projetos e melhorar a imagem no município, mas se conseguirmos passar nossa mensagem para as pessoas, vamos reverter isso em votos”, concluiu.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS