11 de maio de 2021
Mais
    Capa Notícias Mundo Vulcão em risco de erupção tira quase 16 mil de casas
    ILHA DO CARIBE

    Vulcão em risco de erupção tira quase 16 mil de casas

    La Soufriere, em São Vicente e Granadinas, não expele lavas desde 1979

    Imagem: vulcao Vulcão em risco de erupção tira quase 16 mil de casas
    Vulcão localizado nas ilhas caribenha São Vicente e Granadinas corre risco de erupção
    VINCIERICHIE/UWI SEISMIC RESEARCH/EFE

    As autoridades da ilha caribenha de San Vicente emitiram ordem de evacuação a cerca de 15% da população devido à ameaça de uma erupção vulcânica. Vários navios de cruzeiro foram enviados para o local para abrigar milhares de pessoas forçadas a fugir das próprias casas.

    Esta é a maior das ilhas que compõem São Vicente e Granadinas. Cerca de 16 mil pessoas vivem nas zonas sob risco de serem atingidas.

    O primeiro-ministro do país, Ralph Gonsalves, disse que a ilha estava em alerta vermelho após uma mudança na atividade vulcânica na cratera La Soufriere e disse aos moradores de áreas ao norte para buscar lugares seguros imediatamente.

    “Emiti uma ordem de evacuação para todos os residentes que vivem nas ZONAS VERMELHAS no nordeste e noroeste da ilha”, escreveu em um tuíte na quinta-feira (8).

    A ordem veio depois que cientistas, que monitoram o vulcão, alertaram as autoridades que tinham detectado magma se movendo em direção à sua superfície.
    A Organização Nacional de Gerenciamento de Emergências da ilha disse que havia uma “perspectiva substancial de desastre”.

    O vulcão estava soltando vapor na noite de quinta-feira, de acordo com imagens do Centro de Pesquisa Sísmica da Universidade das Índias Ocidentais, que monitora a atividade vulcânica no leste do Caribe.

    As empresas Royal Caribbean International e Celebrity Cruises disseram, em um comunicado, que enviarão dois navios para ajudar nos esforços de evacuação.

    Gonsalves explicou que outros dois navios da Carnival também estavam a caminho.

    O vulcão La Soufriére não entra em erupção desde 1979 e sua maior erupção ocorreu há mais de um século, em 1902, quando mais de mil pessoas morreram.