Mais
    AgoraMT Editoriais Santiago do Norte Cidades que trabalham com a cultura da soja serão motores de aceleração...
    AGRONEGÓCIO EM DESTAQUE

    Cidades que trabalham com a cultura da soja serão motores de aceleração na retomada da economia brasileira

    Imagem: Imagem Principal branded 2 Cidades que trabalham com a cultura da soja serão motores de aceleração na retomada da economia brasileira

    Há mais de 40 anos o Mato Grosso começou a plantar soja. Junto com o crescimento da plantação, veio a criação e o crescimento de várias cidades como Rondonópolis, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Sorriso, entre outras.
    De 1980 para cá, o estado avançou em pesquisa, tecnologia e conquistou mercados além das nossas fronteiras. Em 2020, mesmo com toda a crise instaurada por causa da pandemia da covid-19, o estado do Mato Grosso foi responsável por mais de 10 milhões de toneladas de soja exportadas até abril, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Economia.

    E em 2021 o ritmo segue firme. Previsões mostram que o estado terá o maior crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), superando, inclusive, a média nacional. Os estados cujas economias são atreladas ao agronegócio devem liderar a retomada da economia brasileira até 2022.

    De olho nas oportunidades

    Distrito do município de Paranatinga, Santiago do Norte está bem no coração do Mato Grosso. Além de estar estrategicamente posicionada entre as principais rodovias que levam a soja para os portos do sudeste e nordeste do país, em um raio de 300km se concentram os maiores produtores agrícolas, de onde saem 70% de toda a produção do estado.

    Com tamanho potencial econômico, o distrito está preparado para virar a mais nova cidade planejada do Mato Grosso. O fazendeiro e empresário local, Odir Nicolodi, dividiu em lotes os mais de 7 mil hectares de sua fazenda para ver o sonho de seu pai se concretizar. “Fizemos o plano diretor para a futura cidade em 2014. O governo federal já esteve aqui, sabe do potencial da região e temos grandes projetos para o futuro”, explica ele.

    Para quem tem o sonho de montar um negócio e ter mais oportunidades do que hoje se encontra nas grandes capitais, Santiago é uma opção real. Mais de duas mil pessoas já migraram para a cidade e não se arrependem. A maquete da cidade está pronta. A infraestrutura básica, como energia elétrica, encanamento de água e esgoto e asfalto, também já está feita em sua grande parte.

    Para informações entre em contato (66) 9 9689-9335.

    SESSÃO SOLENE

    Assembleia faz homenagem a mulheres por serviços prestados ao estado de Mato Grosso

    A Assembleia Legislativa realizou ontem (18) sessão solene para entrega de honrarias a mais de 30 mulheres que contribuem para o estado. A maior...
    DEFINIÇÃO

    Prefeito faz reunião ampliada para definir ações para os próximos mutirões sociais

    O prefeito José Carlos do Pátio, reuniu o secretariado e vereadores da base aliada na tarde desta segunda-feira (18), no Paço Municipal, para debater...
    RONDONÓPOLIS

    Retorno integral às aulas presenciais teve 80% de comparecimento no primeiro dia

    A Diretoria Regional de Educação (DRE) avaliou positivamente o primeiro dia de retorno das atividades 100% presenciais em Rondonópolis. O comparecimento dos alunos ficou...
    ORDEM DO DIA

    Superintendente da PRF vai à Câmara defender implantação da nova JARI

    O superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso, Francisco Élcio Lima Lucena, vai conversar amanhã (19) com os vereadores sobre a implantação...

    Editoriais