Mais
    AgoraMT Destaques Frio e seca deixam frutas e legumes mais caros nos supermercados
    AUMENTO

    Frio e seca deixam frutas e legumes mais caros nos supermercados

    Para o terror dos nutricionistas, comer de forma saudável ficou mais difícil em setembro com o aumento dos preços no país

    Imagem: Frutas e verduras Frio e seca deixam frutas e legumes mais caros nos supermercados
    Frutas e verduras- Juarez Soares /TV CIDADE RECORD

    A Apas (Associação Paulista de Supermercados) trouxe más notícias na sexta-feira (22) para os consumidores que têm o hábito de se alimentar de forma saudável: legumes e frutas ficaram mais caros. Por outro lado, as bebidas alcoólicas, que não costumam fazer parte de qualquer dieta, tiveram o preço reajustado para baixo em setembro.

    A culpa para os aumentos dos alimentos in natura, diz a associação, é das variações climáticas.

    As baixas temperturas e o clima seco prejudicaram a colheita do tomate, de longe o que teve maior variação no IPS (Índice de Preços dos Supermercados), calculado pela Apas/Fipe, com 26,92% de elevação.

    Segundo a Apas, os pés de tomate tiveram o amadurecimento comprometido nos últimos três meses por causa do frio e da falta de chuvas.

    Com isso, a disparada nos preços reverteu a até então deflação que o fruto apresentava em 2021. No acumulado do ano, ele agora apresenta alta de 22,94%.

    As mudanças no clima comprometeram também os hortifrutigranjeiros, que subiram 2,78% em setembro.

    As geadas de julho afetaram os produtos na fase de colheita e atrapalharam as plantas que estavam em processo de floração ou maturação. As frutas apresentaram alta de 5,56% no mês passado — no ano a deflação é de 5,64%.

    Entre as frutas que ficaram mais caras os destaques são o mamão, com 19,93% de reajuste, e a laranja (11,48%).

    Os legumes ficaram 7,11% mais salgados em setembro, elevando o acumulado do ano para 25,19%.

    O presidente da Apas, Ronaldo dos Santos, aproveitou a divulgação dos preços para fazer um alerta. “É necessário pensarmos em políticas públicas que favoreçam a baixa emissão de carbono, pois as abruptas variações climáticas estão cada vez mais recorrentes e isso compromete a sazonalidade dos produtos, altera a oferta e a demanda, eleva os preços dos alimentos e coloca em risco a segurança alimentar de parte da sociedade, principalmente da população de baixa renda.”

    Bebidas alcoólicas

    As bebidas alcoólicas registraram deflação de 0,32% em setembro, somando uma redução de 4,81% nos últimos 12 meses.

    Na contramão da baixa nos preços, a aguardente foi a vilã, ficando 1,97% mais cara no último mês.

    As bebidas não alcoólicas tiveram alta de 1,42%. Com 2,00% de aumento, os refrigerantes apresentam 7,68% de elevação desde janeiro.

    Importantes

    TERMÔMETRO

    Eleições mostraram ‘quem é quem’ entre os servidores municipais

    Passada a campanha, contados os votos e divulgados os resultados, chegou a hora de contabilizar quem realmente venceu e perdeu politicamente com as eleições...
    BOA NOTÍCIA

    Isenção de IPI sobre carros para taxistas e deficientes passa na Câmara

    A Câmara dos Deputados aprovou ontem (1º) o Projeto de Lei 5149/20, que prorroga até dezembro de 2026 a isenção do Imposto sobre Produtos...
    JACIARA

    Professor é preso suspeito de assediar aluna em escola

    Um professor da rede estadual foi preso pela Polícia Militar (PM), na noite desta quarta-feira (1), suspeito de assediar uma aluna adolescente de 17...
    EM PAUTA

    Senado votará hoje PEC dos Precatórios e Auxílio Brasil

    Foi adiada para hoje (2) a votação, no Plenário do Senado, da Proposta de Emenda à Constituição 23/2021, a PEC dos Precatórios. A sessão...
    EMPREGO

    Nova revisão mostra perda de 190 mil empregos formais em 2020

    Diferentemente daquilo que anunciou o ministro da Economia, Paulo Guedes, com muita comemoração, em janeiro, o Brasil demitiu mais do que contratou em 2020....
    NOITE SANGRENTA

    Homem é assassinado com vários tiros e gestante é baleada e levada ao Hospital

    Um homem identificado como Natanael Soares da Silva foi assassinado com vários tiros e sua esposa gestante foi baleada na noite desta quarta-feira (01),...
    FUTEBOL

    Santos inicia conversas para contratar Willian, do Palmeiras

    O Santos abriu negociações com Palmeiras para contratar o atacante Willian Bigode. As conversas estão em estágio inicial, mas o Peixe vê a presença...
    COMBATE À COVID

    Idosos não vacinados contra a covid-19 serão multados na Grécia

    A Grécia anunciou uma medida drástica para os moradores do país. As pessoas maiores de 60 anos serão obrigadas a tomar a vacina contra...
    SAÚDE

    Anvisa pede informações sobre impacto da Ômicron nas vacinas

    A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou, por meio de nota publicada nesta quarta-feira (1º), que pediu aos laboratórios responsáveis pelas vacinas autorizadas...
    TÃO ESPERADA

    Black Friday da Reserva Feita viagens está de volta

    A Reserva Feita Viagens já é famosa por oferecer sempre ótimas promoções de viagens o ano todo com o diferencial de proporcionar aos clientes...
    SINTA A NOSTALGIA

    Loja Kimera Geek aposta em experiência especial e monta ambiente totalmente inspirado em filmes e séries

    Já pensou em entrar em uma loja e se sentir dentro da sua série, jogo, anime ou filme preferido. Esta é a experiência que...
    MUDANÇA DE VIDA

    Contadora de Rondonópolis deixa escritório e ensina a ganhar dinheiro com marketing digital

    Muitas pessoas depois que se formam veem na profissão um caminho para a vida toda, mas foi em uma mudança de profissão que a...
    EFICIÊNCIA E SEGURANÇA

    Ferrovia estadual trará benefícios ao produtor e impacto positivo na economia do Mato Grosso

    Mesmo com os desafios impostos pela pandemia, o agronegócio em Mato Grosso manteve-se alta no último ano. Dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab),...

    Editoriais