Mais
    Agora MT Destaques Vereadora reafirma denúncias e cobra investigação sobre situação no Hospital Regional
    RONDONÓPOLIS

    Vereadora reafirma denúncias e cobra investigação sobre situação no Hospital Regional

    A vereadora preside a Comissão de Saúde da Câmara e disse que a situação do Hospital Regional põe em risco a vida das pessoas que dependem desses atendimentos na região

    FONTE
    VIA

    Imagem: Marildes Ferreira vereadora Vereadora reafirma denúncias e cobra investigação sobre situação no Hospital Regional
    Marildes Ferreira lembrou que já havia pedido a intervenção do MP em agosto deste ano – Varlei Cordova / AGORAMT

    A vereadora Marildes Ferreira (PSB) disse na sessão desta quarta-feira (27) que as denúncias formuladas à Promotoria de Justiça sobre a demora e recusa de atendimentos no Hospital Regional confirmam uma situação denunciada pela Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores, que é presidida por ela.

    A parlamentar disse que em agosto deste ano denunciou a situação no Ministério Público do Estado, mas a denúncia não prosperou. “Foi preciso uma moradora da cidade de Campo Verde morrer para o MP ouvir, eu venho falando aqui, em todos os momentos que eu tenho voz, sobre o Regional. Não foi por falta de aviso”, disse.

    Conforme a denúncia registrada no Ministério Público, a paciente citada pela vereadora ficou imobilizada por 13 dias aguardando a liberação de uma vaga e acabou falecendo de embolia pulmonar após finalmente ser internada. A denúncia aponta ainda que atualmente 81 pessoas estão na fila de espera por cirurgia ortopédicas no Hospital Regional, que enfrenta problemas de falta de equipamentos e atrasos nos pagamentos de médicos deste setor.

    A vereadora considera que a situação foi agravada pela divisão da regulação do Estado com a do município. “Desde o dia em que a central de regulação do estado e do município se dividiram , o caos se instalou”, disse.

    Marildes explicou que não há transparência, por parte da regulação do estado. “Eles não são transparentes, não sabemos quantos pacientes entram e quantos saem, quantos leitos estão vagos. Não há gestão, eles se acham Deus, para controlar a vida e a morte das pessoas”, completou.

    A demora para a realização dos procedimentos está, segundo a vereadora, refletindo na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, que está abarrotada de pacientes. Ela destaca que a situação atinge outros municípios da Regional de Saúde Sul e não está restrito aos pacientes com problemas ortopédicos.

    A vereadora também reclamou da falta de reaproveitamento dos leitos de UTI que eram destinados ao de Covid-19 e estão desocupados. “Nem ar condicionado para esses quartos tem, não há o mínimo de conforto. Enquanto isso o povo está morrendo, o povo morre na fila por vaga no Hospital Regional”.

    Marildes Ferreira pediu atenção máxima do Ministério Público e disse que continuará usando a tribuna da Câmara para denunciar os problemas do Hospital Regional. “Não tenho medo do governador e do secretário de saúde do Estado. Pode me processar secretário, pois nas suas costas não serão processos e sim serão almas”, concluiu.

    Relacionadas

    Marido de Simone reage após boato de envolvimento com Simaria: ‘Nada mais me espanta

    O marido de Simone Mendes, Kaká Diniz, usou as redes sociais para rebater os boatos de que ele seria o pivô do climão entre...

    Preços dos combustíveis e das contas de luz caem e puxam a maior deflação da história

    As reduções dos preços dos combustíveis (-14,15%) e das tarifas de energia elétrica (-5,78%) aliviaram o bolso dos brasileiros e contribuíram para a primeira...

    Menino de 11 anos procura agentes para denunciar mãe por agressão com panela quente

    Uma mulher foi presa em flagrante por suspeita de ter torturado o filho, uma criança de 11 anos, no Vidigal, comunidade da zona sul...

    Homem é preso suspeito de estuprar e fotografar nua criança de 8 anos, filha da vizinha

    Um homem foi preso pela Polícia Civil suspeito de estuprar uma menina de oito anos de idade, filha de uma vizinha. O caso ocorreu...

    Morre britânico de 12 anos que ficou 4 meses em coma após desafio na web

    Archie Battersbee, de 12 anos, morreu em Londres neste sábado (6), às 12h15 (8h15 no horário de Brasília), depois de ter ficado quatro meses...

    Simaria posta suposta indireta para Simone: ‘Parei com essa história de uma mão lava a outra’

    Simaria fez uma publicação enigmática na tarde desta quinta-feira (11). Mantendo a discrição nas redes sociais desde que a polêmica com Simone começou, a...

    Número de brasileiros com dívidas a vencer atinge recorde de 78%

    O segundo semestre começou com novos recordes de endividamento e inadimplência dos brasileiros: 29% das famílias tinham algum tipo de conta ou dívida em...

    Beneficiários de NIS final 2 recebem hoje o Auxílio Brasil

    A Caixa Econômica Federal paga hoje (10) a parcela de agosto do Auxílio Brasil aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final...

    Atualização do WhatsApp permite esconder o status online e sair de grupos sem ninguém saber

    O WhatsApp anunciou nesta terça-feira (9) novos recursos que prometem dar mais privacidade aos usuários. Algumas das mudanças são pedidos antigos de quem usa...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas