Agora MT Notícias Deputada pede que Ibama respeite direito de madeireiras à ampla defesa
SEM ILEGALIDADE

Deputada pede que Ibama respeite direito de madeireiras à ampla defesa

A deputada Janaína Riva pediu que o presidente do Ibama assegure o direito à defesa e ao contraditório antes de autorizar bloqueio dos sistemas das empresas

Da Redação - Eduardo Ramos

Imagem: janaina riva deputada estadual foto assessoria 3 Deputada pede que Ibama respeite direito de madeireiras à ampla defesa
A deputada Janaina Riva disse que é preciso respeitar os princípios que baseiam o Estado Democrático de Direito – Foto: Assessoria

A deputada estadual Janaina Riva (MDB), pediu nesta quarta-feira (12) que o Ibama não faça o bloqueio total do sistemas das empresas madeireiras de Mato Grosso sem antes permitir que elas exerçam o direito à ampla defesa e ao contraditório. A solicitação foi feita em comunicação encaminhada diretamente ao presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais (IBAMA), Eduardo Fortunato Bim.

“Hoje me deparei com a notícia de que o IBAMA identificou 200 empresas e 21 planos de exploração florestais ilegais em Estado de Mato Grosso. Louvável esse trabalho que busca a execução lícita dos trabalhos as madeireiras e sua respectiva prestação de informações ao Governo. Porém, deve ser colocado em análise o pressuposto que todos são inocentes até que se prove o contrário. Respeitar o devido processo legal e dar oportunidade para apresentação de ampla defesa e do contraditório são essenciais para preservarmos o Estado Democrático de Direito”, explicou a parlamentar.

No documento já encaminhado à Brasília, Janaina pede que que o Ibama pondere sobre o bloqueio total dos sistemas das empresas madeireiras e afirma que o todo não pode pagar pelo erro de parte do segmento.

Segundo a parlamentar, quando o Estado não proporciona aos proprietários dessas empresas o direto de defesa antes de inviabilizar o trabalho de todos, atua de forma ilegal e abre espaço para demandas judiciais futuras, visando a reversão de eventual medida abusiva.

“Será que todas foram notificadas e apresentaram defesa? Ou ainda, será que foi analisada a fundamentação das defesas apresentadas? Caso uma dessas perguntas tenha a resposta negativa, o bloqueio total dessas empresas é flagrantemente ilegal e oportunizará a proposituras de demandas judiciais para reversão de eventual medida abusiva. Assim em defesa das empresas madeireiras idôneas e que laboram na legalidade, chamo a atenção das autoridades para não bloquearem integralmente o sistema das referidas empresas que proporcionam renda e empregos ao Estado de Mato Grosso, sem a finalização do devido processo legal e a oportunidade de serem apresentadas a ampla defesa e o contraditório, sob pena de flagrante ilegalidade”, finaliza.

Relacionadas

Publicado edital do concurso unificado para preenchimento de 389 vagas na Justiça Eleitoral

Foi publicado nesta quarta-feira (29), no Diário Oficial da União (DOU), o edital do concurso unificado da Justiça Eleitoral. O edital prevê 389 vagas,...

Gefron apreende 86 quilos de drogas e causa prejuízo em mais R$ 450 mil ao tráfico

Uma ação policial resultou na apreensão de 65 kg de substância análoga a maconha, 19 kg de substância análoga a pasta base de cocaína...

Operação da PF combate crimes de contratos fraudulentos de Secretaria de Saúde em MT

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (28/5), a Operação Miasma, para o cumprimento de 32 mandados de busca e apreensão em cidades de Mato...

Sortudos de Rondonópolis faturam quase R$ 5 milhões na Dupla Sena

Quatro apostadores sortudos faturaram R$ 4,8 milhões no prêmio principal da Dupla Sena em um bolão feito em uma lotérica no bairro Pedra 90,...

Filho é preso pela PM após ameaçar agredir a mãe que não o deixava fumar narguilé dentro de casa

Um jovem de 23 anos foi preso pela Polícia Militar (PM) após ameaçar a própria mãe de 51 anos depois que ela pediu para...

Mato-grossenses devem investir mais em presentes para o Dia dos Namorados

As lojas do comércio e de serviços do estado devem perceber um aumento no consumo dos mato-grossenses nesse próximo Dia dos Namorados. Segundo levantamento...

Bancos não terão atendimento presencial ao público nesta quinta-feira (30)

Agências bancárias em todo o país não terão atendimento presencial ao público nesta quinta-feira (30), quando se celebra o Corpus Christi. O atendimento ao...

Normas para compra de arroz importado devem sair nesta terça-feira

Uma nova portaria interministerial com as normativas para compra pública de arroz polido importado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) deve ser publicada nesta...

20ª edição do Encontro Nacional de Violeiros de Poxoréu ocorre neste fim de semana

Neste final de semana (30/05 e 01/06), o público de Poxoréu e região participam do maior evento da viola caipira, que é tradição entre...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas