Mais
    Agora MT Economia Índice de Clima Econômico sobe 2,1 pontos no segundo trimestre
    PESQUISA

    Índice de Clima Econômico sobe 2,1 pontos no segundo trimestre

    Alta no país foi puxada pelo índice da Situação Atual

    VIA

    Imagem: sao paulo 0 Índice de Clima Econômico sobe 2,1 pontos no segundo trimestre
    São Paulo comercio 25 de Março – Foto: © REUTERS/Amanda Perobelli

    O Índice de Clima Econômico (ICE), medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), subiu 2,1 pontos no Brasil no segundo trimestre deste ano e chegou a 62,7 pontos, em uma escala de 0 a 200 pontos.

    Brasil e Uruguai, este com alta de 14,2 pontos, foram os únicos dos dez países latino-americanos analisados pela pesquisa a apresentar crescimento no segundo trimestre, na comparação com o primeiro.

    Na média, a América Latina apresentou queda de 11,7 pontos no período, de acordo com a pesquisa. Os demais países oscilaram entre recuos de 5,5 pontos na Bolívia e 27,9 pontos na Argentina.

    O ICE é calculado com base em informações prestadas trimestralmente por especialistas nas economias de seus respectivos países.

    A alta do índice no Brasil foi puxada pelo Índice da Situação Atual, que mede a avaliação sobre o presente e que subiu 14,6 pontos, alcançando 30 pontos. Já o Índice de Expectativas, que mede o futuro, caiu 15,4 pontos, mas manteve-se no centro da escala, com 100 pontos.

    Apesar de apresentar alta, o ICE do país (62,7 pontos) ainda está abaixo da média da América Latina (67,3 pontos). O indicador brasileiro é também o terceiro mais baixo entre os dez países latino-americanos, superando apenas Argentina (39,1 pontos) e Chile (46 pontos).

    Os demais países apresentam os seguintes índices: Peru, 63,4 pontos; Bolívia, 65,9; México, 66,2; Equador, 72,1; Paraguai, 91,2; Colômbia, 95,7; e Uruguai, 149,6.

    PIB
    O estudo também divulgou previsões de especialistas para o PIB de 2022 dos países pesquisados. A estimativa de crescimento para este ano no Brasil subiu de 0,7% no primeiro trimestre para 0,8% no segundo trimestre.

    Apesar da nova previsão, o Brasil tem a menor taxa entre as nações pesquisadas. Na média, a América Latina deve crescer 2%. As demais taxas variam entre 4,3% na Colômbia e 1,2% no Paraguai.

    Para os especialistas, os principais problemas para a economia do país são falta de inovação, falta de confiança na política econômica, infraestrutura inadequada, aumento das desigualdades de renda e falta de competitividade internacional.

    Relacionadas

    Jogos Olímpicos das Apaes de MT são realizados em Peixoto de Azevedo

    O município de Peixoto de Azevedo (670 km de Cuiabá) sedia a 22ª edição das Olimpíadas Especiais das Apaes de Mato Grosso. A Etapa...

    Deputado destina mais de R$ 2 milhões para Unemat que gera novas oportunidades para acadêmicos de Rondonópolis

    As emendas parlamentares destinadas pelo deputado estadual Thiago Silva (MDB), na ordem de mais de R$ 2 milhões, para a Universidade Estadual de Mato...

    Em 48 horas, 33 cidades de MT têm fornecimento de energia afetado por batidas em postes

    A manhã começa e logo cedo equipes da Energisa atuam para a troca de mais um poste atingido por veículo. Desta vez 40 imóveis...

    Operação da PF mira ex-ministro da Educação Milton Ribeiro

    O ex-ministro da Educação Milton Ribeiro é um dos alvos da operação da Polícia Federal deflagrada nesta quarta-feira (22). O ex-chefe da pasta e...

    Detran-MT oferta curso de instrutor de trânsito para profissionais com formação em Libras

    O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), por meio da Escola Pública de Trânsito, abriu, nesta segunda-feira (20), as inscrições para o Curso de Formação...

    Alinhamento de Saturno, Júpiter, Marte, Vênus e Mercúrio poderá ser visto a olho nu

    Um raro alinhamento de Saturno, Júpiter, Marte, Vênus e Mercúrio vai ocorrer na madrugada desta sexta-feira (24) para sábado (25). O fenômeno, chamado de...

    Secretaria de Serviços Públicos promove ação de conscientização para manter a cidade limpa

    Em alusão ao mês Mundial do Meio Ambiente, a Prefeitura de Várzea Grande, por meio da Secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, promove...

    Beneficiários com NIS final 3 recebem hoje Auxílio Brasil

    Beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) com final 3 recebem hoje (21) a parcela de junho do Auxílio Brasil. O valor mínimo do...

    Governo de Mato Grosso investe mais de R$ 220 milhões no município de Cáceres

    O Governo de Mato Grosso investiu mais de R$ 220 milhões no município de Cáceres desde o início da atual gestão. Os recursos destinados...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas