Mais
    Agora MT Editoriais Aquicultura: a grande saída
    EDITORIAL

    Aquicultura: a grande saída

    FONTE
    VIA

    Imagem: AGORA com Vanzeli Aquicultura: a grande saída

    A Organização Mundial de Saúde recomenda o consumo de 12 quilos de pescado por pessoa ao ano. A gente não atende essa recomendação. Na média, o brasileiro come 9 quilos de peixe por ano. E, mesmo tendo mais de 8 mil quilômetros de costa e rios e lagos que somam 13,7% de toda água doce do mundo, ainda importamos perto de 60% de todo pescado que consumimos. Um absurdo, de fato.

    O erro está na forma de obtenção do peixe. A pesca precisa ser substituída, imediatamente, pela aquicultura, que pode resolver, inclusive, o problema mundial de demanda por proteína animal. Em 1 hectare de terra, o produtor rural brasileiro, investindo em melhoramento genético do rebanho e tecnologia na produção de ração e no manejo do gado, consegue produzir incríveis 1,2 tonelada de carne bovina. Em uma lâmina d’água de 1 hectare, produz-se 32 toneladas de peixe.

    Para se ter uma ideia desse mercado, considere os dois países mais populosos do mundo, China e Índia, respectivamente. Juntos, têm uma população de 2,5 bilhões de habitantes. No caso da China, boa parte de sua população não está colocada no mercado de consumo, mas a tendência é de que isso ocorra gradualmente. E, na Índia, cresce o consumo de carne bovina, mesmo tendo 80% da sua população seguindo o Hinduísmo, que combate o consumo de carne há séculos. Com o crescimento do consumo de carne nesses países, ano após ano, onde é que vamos conseguir proteína animal? A aquicultura seria uma solução, certamente.

    Um programa de incentivos dos governos, principalmente os municipais, com oferecimento de assistência técnica, construção de frigoríficos para beneficiar os peixes e garantia de compra da produção para inclui-la na merenda escolar, daria um “boom” na aquicultura no Brasil. Nem se fale no benefício que ela pode trazer aos pequenos produtores rurais, que têm na falta de renda no campo o principal óbice a novos investimentos.

    Se um programa assim fosse coordenado pelo Governo Federal, então, aí seria demais. Deixaríamos a condição de importadores e passaríamos a ser fornecedores de peixe para todo o mundo. A um só tempo, teríamos maior superávit em nossa balança comercial internacional, porque deixaríamos de importar e passaríamos a exportar peixe, e garantiríamos a renda das pequenas propriedades rurais, um verdadeiro ganha-ganha. Para os secretários municipais de agricultura, #ficaadica.

    Relacionadas

    Pai tenta impedir prisão do filho usando escavadeira para ameaçar policiais

    Dois policiais foram atacados por uma escavadeira pilotada por um pai furioso, que tentava impedir a prisão do filho. O vídeo com o flagrante...

    Sem espaço no palanque de Mauro, Neri já cogita compor com PT

    O pré-candidato ao Senado, Neri Geller (PP), bem que tentou um espaço no palanque do atual governador Mauro Mendes (UB) nestas eleições. Vendo a...

    Câmara aprova abertura de crédito para volta de leitos UTI Covid no Hospital de Retaguarda

    Por 19 votos, a Câmara de Vereadores aprovou nesta quarta-feira (29) o Projeto de Lei número 284/2022, de autoria do Poder Executivo, que pede...

    Ex-namorado confessou assassinato de jovem grávida encontrada dentro de uma mala, diz delegado

    De acordo com o delegado Paul Henry Verduraz, o ex-namorado da jovem assassinada e colocada dentro de uma mala em Mogi das Cruzes, na...

    Desembargador manda soltar ex-ministro Milton Ribeiro

    O desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal (TRF-1), concedeu liberdade ao ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, preso pela Polícia Federal suspeito de chefiar...

    Jovem que estava desaparecida é encontrada enterrada no quintal da casa do ex-companheiro

    O corpo de uma jovem identificada como Christiane Ferreira Senger, 22 anos, foi encontrado nesta terça-feira (28) enterrado em um buraco no fundo de...

    Cuiabá recebe o primeiro Centro de Recondicionamento de Computadores do estado de Mato Grosso

    O estado do Mato Grosso recebeu, nesta quarta-feira (29), seu primeiro Centro de Recondicionamento de Computadores (CRC), o Recytec. A ação, realizada em parceria...

    Mutirão fiscal começa segunda e dá descontos de até 80% nos débitos

    Os contribuintes de  Rondonópolis, que estão com pagamentos de impostos atrasados,  terão a oportunidade de regularizar a sua situação com o fisco municipal, por...

    Piloto morre após acidente durante ‘Campeonato Estadual de Motocross’  

    O piloto de motocross identificado como Weliton Carvalho da Silva, de 32 anos, morreu após um acidente no campeonato '4ª Etapa do Motocross Estadual',...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas