Mais
    Agora MT Brasil Afastamento por Covid-19 cai 90% e doença deixa de ser principal causa
    SAÚDE

    Afastamento por Covid-19 cai 90% e doença deixa de ser principal causa

    Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, a doença passou de 1º para 29º no ranking das que mais afastam trabalhadores

    Fonte: R7
    VIA

    Imagem: inss meu insss 30062022204820441 Afastamento por Covid-19 cai 90% e doença deixa de ser principal causa
    INSS – Foto:
    ADRIANA TOFFETTI/ATO PRESS/ESTADÃO

    A Covid-19, que foi o principal motivo de afastamento do trabalho em 2021, passou para o 29º lugar na lista de doenças que mais registraram benefícios por incapacidade, o antigo auxílio-doença, do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) neste ano.

    Segundo levantamento do Ministério do Trabalho e Previdência, feito a pedido do R7, nos seis primeiros meses de 2022, foram 6.537 afastamentos por Covid-19 ante 64.561 registrados no mesmo período do ano passado, uma queda de 90%.

    No ano inteiro de 2021, houve 98.787 casos de pessoas afastadas por infecção pelo coronavírus. Em 2020, esse número chegou a 37.045, de abril a dezembro.

    O advogado trabalhista João Badari, do escritório Aith, Badari e Luchin, afirma que essa queda não surpreende, já que o Brasil conseguiu controlar a doença causada pelo coronavírus. “Era o esperado que diminuísse o número de afastamento, muito em razão da vacinação. Então, o que era uma regra (o afastamento), se tornou uma exceção. Hoje não se vê um grande número de pessoas que se afaste do trabalho por essa razão”, avalia Badari.

    No Brasil, já soma 679.000 mortes pela doença desde o começo da pandemia, em março de 2020. Desde o início da vacinação, em janeiro de 2021, foram aplicadas 462.563.664 doses, e 170.620.604 (79,98% da população) pessoas foram totalmente imunizadas.

    O critério do governo é listar somente as doenças que geraram indenização do INSS, ou seja, aquelas que fazem o trabalhador ser afastado por mais de 15 dias.

    João explica que o afastamento até o 15º dia é pago pela empresa, mas a partir do 16º quem paga é o INSS. “Se o médico disser que o afastamento é de até 15 dias, você se afasta para obter sua recuperação, e a empresa é quem paga o salário. A partir de 15 dias, você marca uma perícia, leva um documento médico, e o perito vai dizer quanto tempo você tem de afastamento. Nesse caso, quem deve pagar pelo afastamento é o INSS.”

    A primeira causa de afastamento no ranking deste ano é o leiomioma do útero, um tumor benigno. Para Guilherme Macedo Silva, advogado trabalhista, do escritório Greco, Canedo e Costa Advogados, o resultado surpreende. “Normalmente, as doenças que mais costumam afastar são dores na coluna. Recentemente, também se observa o crescimento de patologias de ordem psicológicas. Já temos até decisões judiciais acerca disso”, afirma Silva.

    Relacionadas

    Sete pessoas morrem em colisão entre van e caminhão

    Um acidente em Palmeira, na região dos Campos Gerais do Paraná, entre uma van e um caminhão deixou pelo menos sete pessoas mortas na...

    Pequenos negócios geram 72% das vagas de emprego no primeiro semestre

    As micro e pequenas empresas (MPE) puxaram a criação de empregos formais no primeiro semestre. Dos cerca de 1,33 milhão de postos de trabalho...

    Censo 2022 começa em territórios indígenas

    O Censo 2022 começa hoje (10) nos territórios indígenas e vai até 31 de outubro. Serão recenseados os indígenas residentes dentro ou fora de...

    Mulher sofre fratura na perna após acidente e moto pega fogo e fica destruída

    Um acidente deixou uma motociclista gravemente ferida após ser vítima de um acidente na tarde desta sexta-feira (12), no bairro Tarumã, em Tangará da...

    Carro capota e nenhum integrante da família se fere

    Um acidente entre dois veículos causou capotamento e uma pessoa ficou ferida, a colisão aconteceu na noite desta sexta-feira (12), no bairro Jardim Adriana,...

    Empresas poderão renegociar dívidas com até 70% de desconto

    A partir de 1º de setembro, os contribuintes com dívidas com a Receita Federal poderão renegociar os débitos com até 70% de desconto. A Receita Federal...

    Vereador articula junto ao município compra de ônibus para transporte de familiares em luto

    O vereador Adonias Fernandes (MDB) protocolou nesta terça-feira (9) uma indicação para solicitar ao município a compra de um ônibus para fazer o transporte...

    Jovem morre após perder controle da motocicleta e bater em carro estacionado

    Um jovem de 25 anos, identificado como Diego Henrique dos Santos, morreu após de envolver em um grave acidente na noite deste sábado (06)...

    Fifa antecipa início da Copa do Mundo para 20 de novembro

    A Fifa (Federação Internacional de Futebol) anunciou a antecipação do início da próxima edição da Copa do Mundo para o dia 20 de novembro....

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas