Agora MT Brasil Azul e Gol anunciam acordo para compartilhar voos domésticos
A PARTIR DO FIM DE JUNHO

Azul e Gol anunciam acordo para compartilhar voos domésticos

Compartilhamento só vale para rotas exclusivas de cada companhia

Imagem: GOL Azul e Gol anunciam acordo para compartilhar voos domésticos
Acordo de cooperação comercial foi anunciado pela Gol e pela Azul – Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A partir do fim de junho, os clientes da Azul e da Gol podem comprar passagens de uma companhia nos canais de venda de outra. As duas empresas anunciaram, na última quinta-feira (23), um acordo de cooperação comercial por meio de codeshare, compartilhamento de códigos em inglês.

O acordo só valerá para rotas domésticas exclusivamente operadas por uma das duas companhias. As rotas em que ambas as empresas concorrem diretamente estão fora do codeshare.

Por meio do codeshare, o passageiro utiliza os canais de pesquisa, de venda e os padrões de serviço de uma companhia para embarcar em outra. No entanto, o check-in deverá ser feito nos guichês ou nos canais digitais da companhia que opera o voo. Nos voos com conexão, o cliente fará o check-in na empresa que opera o primeiro trecho e automaticamente receberá os cartões de embarque de todos os voos.

O despacho de bagagens seguirá o mesmo procedimento, com o cliente despachando as malas na companhia que opera o voo ou o primeiro trecho, recebendo-as no destino final. Para remarcar ou cancelar a viagem, o passageiro deve procurar a companhia onde comprou a passagem.

Em comunicado, as duas companhias esclareceram que o acordo também abrange os programas de fidelidade. Membros do Smiles (da Gol) e do Azul Fidelidade acumularão pontos ou milhas no programa de sua escolha.

A data exata para o início das vendas com codeshare não foi informada. As duas empresas informaram apenas que os canais começarão a oferecer as rotas compartilhadas no fim do próximo mês.

Monitoramento

Nas redes sociais, o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, destacou que esse tipo de parceria é comum no setor aéreo em diversos países. Destacou que o ministério e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) buscarão preservar as melhores condições para o consumidor brasileiro.

“Esse tipo de acordo comercial já ocorre entre outras companhias aéreas nacionais e internacionais ao redor do mundo. Nós esperamos que possa ampliar a conectividade entre os diversos destinos brasileiros, gerando maior complementaridade na malha nacional, oferecendo mais opções de voos para os brasileiros”, destacou Costa Filho.

No fim de janeiro, a Gol entrou com pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos, para levantar capital e reestruturar as finanças após a pandemia de covid-19. A companhia informou que o pedido não afeta as operações no Brasil. Na época, o governo informou que monitora os desdobramentos da recuperação judicial.

Relacionadas

STF forma maioria para tornar André Janones réu por ofensas a Jair Bolsonaro

O STF (Supremo Tribunal Federal) formou maioria para tornar réu o deputado federal André Janones (Avante-MG) por calúnia e injúria contra o ex-presidente Jair...

Roubos de gado reduzem 82% em MT nos primeiros meses de 2024

Mato Grosso registrou queda de 82% no índice de roubos de gado entre janeiro e maio de 2024, em relação ao mesmo período de...

Comitê de Gestão do Fogo realiza 1ª reunião para ampliar ações de combate às queimadas

A 1ª reunião do Comitê de Gestão do Fogo de Rondonópolis-MT aconteceu na manhã desta sexta-feira (14). O objetivo é trabalhar na preparação e...

Polícia Civil autua motorista que causou morte de professor por homicídio doloso

O motorista responsável pelo atropelamento que resultou na morte do professor Leandro Ribeiro Padilha, de 31 anos, ocorrido na madrugada de domingo (09), em...

PGR arquiva pedido de Dallagnol para investigar Moraes por abuso de autoridade

O Procurador-Geral da República, Paulo Gonet, arquivou o pedido de Deltan Dallagnol para que o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes...

Inclusão de 4,6 milhões de jovens nem-nem poderia impulsionar R$ 159,6 bi na economia brasileira

A inclusão dos 4,6 milhões de jovens entre 14 e 24 anos que não trabalham nem procuram emprego poderia aumentar a economia brasileira em...

Motorista é retirado de carro em chamas após bater veículo em muro de cemitério

Um motorista de 25 anos ficou ferido após um grave acidente na noite desta sexta-feira (14), na MT-130, na região da Penitenciária Mata Grande,...

Batalhão Ambiental da PM forma 18 militares para atuar no policiamento em operações fluviais

O Batalhão de Proteção Ambiental da Polícia Militar realizou, na sexta-feira (07), a formatura de 18 alunos que participaram do 1º Curso de Operações...

Autor de feminicídio contra jovem de 22 anos é preso pela Polícia Civil ao sair de hospital

A equipe da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança, Adolescente e Idoso de Sinop cumpriu, nesta quarta-feira (12), o mandado de prisão do...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas