Cidades:

Polícia



Publicado em 24 de julho de 2012 - 15:00h | Da redação com Super Notícia

Garota de 15 anos é espancada até a morte por duas meninas

Polícia informou que motivo do crime seria ciúme

Corpo de garota foi resgatado por bombeiros – Foto: Reprodução/TV PARANAÍBA

Uma trama para matar uma adolescente de 15 anos deixou estarrecida até mesmo a polícia de Monte Alegre de Minas, no Triângulo Mineiro (MG). A jovem foi espancada até a morte por duas colegas, jovens também de 15 e 16 anos. Segundo a Polícia Militar, a vítima teria sido morta com socos e pontapés e, depois, teve o corpo jogado em uma represa da fazenda onde morava com o namorado.

A polícia informou que o motivo do crime seria ciúme, uma vez que as autoras teriam uma relação muito próxima com o namorado da vítima, o que a teria incomodado e desencadeado a desavença entre as garotas.

Nesta segunda-feira (23/07), durante o enterro da menina, em Canápolis, na mesma região, familiares e amigos ainda tentavam entender o que teria motivado o crime. “É muita crueldade matar a menina desse jeito. Nem conhecia essas outras duas meninas. Acho que não eram amigas dela”, disse o pai da vítima, Hamilton Pereira.

O corpo da adolescente foi encontrado depois que as próprias suspeitas, arrependidas do crime, avisaram a polícia. A adolescente teria sido convidada pelas colegas para nadar na lagoa da propriedade no fim da tarde deste domingo (22/07). Segundo a polícia, a adolescente chegou a recusar o convite, mas acabou cedendo à insistência das outras jovens. Quando chegaram ao local, as meninas espancaram a vítima. Ao perceberem que a colega havia morrido, as agressoras jogaram o corpo dela no leito da represa.

“Em contato com as suspeitas, elas confessaram o crime e indicaram onde estava o corpo da colega”, explicou o cabo Jerry de Oliveira. Os bombeiros resgataram o corpo da adolescente submerso, mas próximo às margens da lagoa.

Elas queriam apenas assustar

Em conversa com os policias militares, as adolescentes contaram que, ao saber que a colega estava incomodada com a proximidade entre elas e o namorado, decidiram passar um susto na vítima. “Elas disseram que queriam dar um couro, mas passaram dos limites e provocaram essa tragédia”, informou o cabo Jerry de Oliveira.

Antes mesmo de a jovem ser encontrada morta, o sumiço dela já havia deixado os parentes preocupados. O pai da vítima, Hamilton Pereira, disse que a filha havia lhe pedido para comprar um medicamento, mas não a encontrou para entregar o remédio. “Ela não estava na fazenda, e eu fiquei preocupado”, contou. “Quando cheguei à lagoa e vi o chinelo dela boiando na água, já sabia que algo ruim tinha acontecido”.

Ainda segundo a Polícia Militar, a vítima teria conhecido as meninas na fazenda onde morava com o namorado, já que uma das suspeitas é prima do rapaz. As duas menores foram apresentadas na Delegacia de Ituiutaba e, após serem ouvidas, foram encaminhadas para a Cadeia Pública de Monte Alegre de Minas.

Rádio AgoraMT