FOTO ARQUIVO - AGORA MT

A falta de cinto de segurança é líder no ranking de multas praticadas pelos rondonopolitanos, representando 27% do total. No primeiro semestre do ano foram aplicadas 7.948 multas, ou seja, mais de 40 pessoas são multadas por dia na cidade.

Segundo o Secretário de Trânsito, Rodrigo Lugli, o município arrecada com multas em torno de R$ 25 mil por mês, único dinheiro que deve ser obrigatoriamente aplicado no Trânsito. “A quantia deve ser aplicada em fiscalização e benefícios para o trânsito local, diferente do IPVA e outros impostos”, fala.

Lugli afirmou que a área central é o local onde mais ocorrem as infrações devido ao fluxo maior de veículos. Para ele o trânsito da cidade não é tranqüilo como mostra através dos números de multas que ficam dentro da média nacional. “Os registros poderiam ser menores se a população tivesse mais cuidado no trânsito, falta conscientização dos condutores”, diz.

Leia também:  Sanear está com 14 grandes obras em andamento na cidade

Mais de 100 infrações diferentes foram cometidas durante os seis primeiros meses do ano, entre elas,  estão estacionar em local proibido com 25%, dirigir falando no celular com 13% e estacionar ao lado de outro veículo em fila dupla 4%.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.