João Cristiano de Oliveira, de 22 anos, é campeão do Circuito Barretos (Foto: Leandro Nascimento)

Com apenas 22 anos, João Cristiano de Oliveira, de Itaguejé (PR), conquistou na noite de domingo, 21, o título do Circuito Barretos de Rodeio, no Parque do Peão, a arena mais famosa do país. João assumiu a liderança do rodeio no sábado e se manteve assim até a final, após montar o touro Desabafo e acumular 429.25 pontos.

O peão, único a ficar os oitos segundos em todos os touros que montou, levou para casa R$ 30 mil. Apesar de competir profissionalmente há apenas dois anos, João já marcou presença em Barretos, quando montou no rodeio júnior, em 2006, conquistando a 2º posição. Quem ficou em segundo foi Israel Rodrigues, de Catanduva (SP), seguido por Jarbas Lopes de Almeida, de Eunápolis (BA), Tirsio Turim Filho, de Paraíso (SP) e Enéias Barbosa Alves, de Sales (SP). A Cia de rodeios do Jr. Zamperlini, de Cajobi (SP), ganhou como a melhor boiada.

Peão que disputa todas as provas do rodeio é campeão em working penning

Leia também:  Adversário do União aposta em retrospecto do Mineiro, no Pato Loco e em ex-meia do Santos

No working penning, realizado pela primeira vez na arena de Barretos, Osmir Francisco dos Santos, de Cordeirópolis (SP), se sagrou campeão com  tempo de 1m3s806. O peão, de 29 anos, participa de todas as modalidades de provas cronometradas. Osmir dedicou a vitória ao pai e à esposa, sem esconder a felicidade com a conquista. Fabrizio Campos Condim, de Ribeirão Preto (SP), ficou em segundo, e Fábio Nascimento Fioresi completou o pódio.

– Eu respiro cavalos 24 horas, não sei fazer outra coisa, essa é minha única fonte de renda, sou o primeiro campeão do Work Penning em Barretos e serei sempre lembrado por isso, essa vitória é o resultado de toda a dedicação – disse Osmir Francisco dos Santos.

O working penning é a versão reduzida do team penning. Nesta modalidade, o competidor, montado num cavalo, tem a missão de separar uma parte numerada do gado e fechá-la em um pequeno curral no menor tempo possível.

Leia também:  Antigo Luthero vira cult e ganha lembrança especial do torcedor

Keila Polizelo confirma favoritismo na Copa dos Criadores

A amazona Keila Polizelo, de São José do Rio Preto (SP), representante do rancho Sky Ranch, de Lins (SP), confirmou o favoritismo e foi a campeã do rodeio, com tempo de 1m12s005. A competidora já venceu cinco vezes o circuito e levou o público ao delírio no Parque do Peão. O Rancho N. S. de Guadalupe, de Barretos, ficou em segundo, com Josiane Fernandes, que somou 1m12s731. O RH Ranch, de Campos dos Goytacazes (RJ), representado por Thaiza Ribeiro, terminou em terceiro, com 1m12s906.

A Breeder’s Cup – Copa dos Criadores reuniu os 10 mais renomados criadores de cavalos de três tambores do Brasil. Os três tambores são a única prova em que as mulheres podem participar. Os competidores precisam passar por três tambores, distribuídos ao longo da arena, no menor tempo possível. Os tambores ficam dispostos de forma triangular, com uma distância de quatro metros um do outro. Se o tambor for derrubado, há uma penalidade de cinco segundos. O competidor é eliminado se houver alguma marca de espora ou chicote no cavalo.

Leia também:  União tem estreia contra o Dom Bosco confirmada

Bicampeão do rodeio de Barretos, Renato Finazzi vence final do bulldog

O favorito do bulldog, Renato Finazzi Junior, de Barretos (SP), foi o vencedor da etapa final da ANB, que contou com provas na temporada 2010/2011. O vice-campeão foi Cesar Brosco, de Avaré (SP), e o Cláudio Motta Cardoso, de Bauru (SP), completou o pódio.

Renato Finazzi, de 32 anos, é bicampeão do Circuito de Barretos. Além de ser o principal nome do bulldog no Brasil e colecionar títulos internacionais como Chihuahua e Santa Catarina, no México, mais dois em Madil, nos Estados Unidos, onde ganhou um título nacional em 2008 pela UPRA (United Professional Rodeo Association).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.