arquivo Agora MT

O presidente do Sindicato Rural de Rondonópolis, Miguel Weber, se pronunciou em relação ao homicídio que ocorreu na madrugada deste domingo (07) no Parque de Exposições Wilmar Peres de Farias e disse lamenta, mas fez todo o possível para que não ocorresse incidente como esse durante a 39ª Exposul.

Weber declarou que trabalhou durante quatro meses para que não ocorresse tumulto na festa e que todos se divertissem com segurança e tranquilidade e que buscou apoio da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, SAMU além de segurança particular e câmeras de monitoramento.

“Lamento pelo fato, eu mais do que ninguém não gostaria que acontecesse esse tipo de episódio na Exposul, busquei todo o tipo de alternativa para garantir a segurança no evento, mas infelizmente algumas pessoas saem de casa cheias de más intenções, disposta a estragar com a alegria da festa”, disse Weber ressaltando indignação pela morte do rapaz.

Leia também:  Caminhonete estacionada em avenida é furtada na Vila Aurora

De acordo com o presidente do Sindicato, as pessoas vieram armadas e lançaram sobre o muro os objetos, antes de passarem pela revista no portão de entrada. “O rapaz que disparou os tiros explicou, em depoimento na polícia, que jogou o revolver para dentro do Parque e depois que passou pelo portão de entrada recolheu a arma. Como poderia imaginar que as pessoas teriam essa pré disposição para cometer um crime”.

O presidente do Sindicato se comprometeu em providenciar uma equipe para fazer rondas próximo ao muro para tentar evitar que as pessoas entrem armadas no evento.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.