O padre Lothar Bauchrowitz não poupou críticas durante o ato de entrega do relatório da comissão especial de trânsito da Câmara Municipal ao prefeito. As críticas foram direcionadas ao Secretário Municipal de Transporte e Trânsito Rodrigo Lugli (PSDB). “O prefeito anunciou que 30 redutores de velocidade seriam destinados à Vila Operária, mas até agora não chegou nenhum. Além de tudo a gente ficou responsável de indicar os locais onde seriam instalados, mas acontece que eles colocam onde a secretaria quer e não onde a gente sugeriu”, reclamou o padre.

Há quem diga em Rondonópolis, que uma fala do Padre vale por um pronunciamento de Chefe de Governo. Agora é esperar para ver se os redutores serão instalados onde o Padre indicou.

Leia também:  Fagundes avança sobre Medeiros
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.