Em continuidade ao trabalho realizado pela Polícia Militar da cidade de Primavera do Leste, distante cerca de 140 km de Rondonópolis, onde duas pessoas, sendo elas, Diógenes Souza Moraes, de 22 anos e Jociane Mendonça Lima, de 21 anos, foram detidas acusadas pela prática de assaltos, uma quadrilha de assaltantes foi desbaratada em Rondonópolis.

A operação desencadeada pela PM resultou nas prisões de Fagner Andrade Ribeiro, de 20 anos, Dione Barbosa Gomes, 21 anos, Natelson Rodrigues Afonso, 20 anos, estes presos no Jardim Luz D’Ayara, além de Luana Bonfim de Moraes, 18 anos, Raul Dark, também 18 anos, e Fábio Ávila dos Santos, de 24 anos, presos no Jardim Planalto, como também, Leandro Dias da Silva, 22 anos, preso na Vila Itamaraty, todos em Rondonópolis.

Leia também:  Homem é morto com 2 facadas ao flagrar sua mulher com amante em MT

 

FOTO VARLEI CORDOVA – AGORA MT

De acordo com o comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar em Rondonópolis (BPM/ROO), Major Odair Pereira Moura, Diógenes, Jociane, Natelson, Luana, Raul e Fábio, são acusados da prática de 4 assaltos contra estabelecimentos comerciais ocorridos nesta terça feira (23/08) na cidade de Primavera do Leste.

Já a casa de Leandro, localizada no Jardim Itamaraty seria, segundo a PM o ponto de apoio para a quadrilha, local onde possivelmente seria dividido o resultado dos crimes. Ainda segundo o oficial da PM, em dois dos quatro assaltos em Primavera houve disparos de arma de fogo e em um caso, uma vítima foi ferida com coronhadas.

Quando das prisões ocorridas no Jardim Luz D’Yara, a PM também encontrou vários objetos de procedência duvidosa, quase 300 Reais em cédulas de vários valores, o que segundo a polícia caracteriza o tráfico de entorpecente, além de uma espingarda calibre 12 com cano cerrado e várias munições.

Leia também:  Pão de alho para o churrasco

A operação encerrada em Rondonópolis e coordenada pelo Major Moura envolveu vários policiais militares lotados no 5° BPM/ROO, além do Departamento de Inteligência da PM. O caso já foi encaminho à Polícia Judiciária Civil através do Plantão mantido no Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.