Foto divulgação

Passageiros da Passaredo Linhas Aéreas aguardam explicação sobre cancelamento do voo das 5 horas da manhã que segui direto de Rondonópolis para Guarulhos. No início da semana os passageiros foram informados subitamente da suspensão da linha que foi implantada no dia 15 de setembro e durou pouco mais de um mês.

O advogado Raul Astutti Delgado, usuário assíduo da empresa, relatou que no último dia 27 de setembro comprou a passagem para viajar no dia 19 de outubro, e no dia 17 foi informado que não haveria aquele voo, por determinação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e no dia seguinte foi comunicado, sem explicação sobre o do cancelamento da linha.

Leia também:  Morre Eloy Prata, pioneiro de Rondonópolis

De acordo com Delgado, o voo era ideal para pessoas que precisam ir a São Paulo e voltar no mesmo dia e relatou que sempre tinha um grande número de passageiros. O advogado explicou que foi pego de surpresa quanto ao cancelamento do voo e consequentemente chegou atrasado no compromisso que tinha, contudo o que mais chocou foi a forma inexplicável e quase sem consideração que foi comunicado aos usuários.

Por meio da assessoria, a Passaredo Linhas Aéreas informou que “devido a readequação de malha, a partir do dia 16 de novembro, o voo direto entre Rondonópolis / São Paulo (GRU) passará a ser operado com uma escala em Ribeirão Preto com novo horário. A Passaredo entrará em contato com os clientes que adquiriram passagens após esta data para que possam remarcar o bilhete para o voo via Ribeirão Preto sem multa ou diferença tarifária. Havendo ainda a opção de reembolso”.

Leia também:  Primeiro dia de campanha atrai consumidores
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.