Foto: assessoria

A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Rondonópolis(CFO), presidida pelo vereador Adonias Fernandes (PMDB), encerrou nesta quinta-feira (18/11), com a 3ª audiência pública, a discussão para tratar da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2012. A audiência aconteceu no salão Paroquial da igreja São José Operário e contou com a presença de lideranças comunitárias que reivindicaram áreas de lazer, melhorias nos posto de saúde, infraestrutura, a instalação de uma agência do Correios e a implantação de Companhia da Policia Militar.

O padre da igreja São José Operário, Lothar Bauchrowitz, entregou ao presidente da comissão uma lista com várias reivindicações, dentre elas a compra de aparelho de mamógrafo para atender as mulheres na Clínica Mulher, inaugurada no segundo semestres de 2011. O padre também pediu áreas de lazer na região e solicitou aos vereadores mais investimentos em infraestrutura dos bairros.

Leia também:  Rodovias federais de MT terá reforço de fiscalização durante feriado de 7 de setembro

O presidente do Conselho de Segurança da Vila Operária (Conseg) e presidente do bairro Jardim das Flores, Jairo Vicente, reivindicou dos vereadores a implantação da agência dos Correios, a implantação de Companhia da Polícia Militar 24 horas e a denominação de nomes de ruas do distrito da Vila Operária.

O presidente da Casa de Leis, Ananias Filho (PR), ressaltou que todos os vereadores estão empenhados em ouvir a população e na busca de recursos para as comunidades. Para ele é de suma importância a participação da população usando o espaço das audiências para fazer suas reivindicações. “Todos os vereadores estão empenhados em ouvir a população e reivindicar junto ao Poder Executivo as melhorias apontadas pelos líderes comunitários. É através das audiências públicas que os vereadores têm feitos emendas na LOA”, pontuou o vereador.

Leia também:  Governo do Estado inaugura escola militar em Juara

O defensor público Valdenir Pereira disse que é preciso incentivar a população a participar mais das audiências, pois é por meio desta participação que os bairros recebem suas prioridades. “É preciso incentivar a população a participar mais das audiências e para que isso ocorra é preciso que se crie mecanismos”.
A audiência pública contou com a participação dos vereadores Cido Silva (PP), Reginaldo Santos (PPS), representantes do Conselho Municipal do Conselho do Idoso, representantes do deputado estadual Percival Muniz (PPS) e do deputado federal Wellington Fagundes (PR).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.