Foto da assessoria

O deputado estadual, Ondanir Bortolini –Nininho (PR/MT) contemplou a Santa Casa de Misericórdia e Maternidade de Rondonópolis (a 219 km de Cuiabá) com emendas parlamentares totalizando R$ 200 mil para a aquisição de equipamento para a UTI Pediátrica e para a instalação de um elevador adequado para transportar pacientes em maca acompanhado de equipe médica e/ou de enfermagem.

O governador Silval Barbosa comprometeu-se com os deputados estaduais em liberar as emendas de 2011 (ainda não autorizada pelo Poder Executivo) e 2012 ainda no primeiro semestre desse ano, dada a proximidade do período eleitoral e suas restrições legais. O chefe do Executivo Mato-grossense concedeu a cada legislador a emenda de R$ 1 milhão referente ao ano passado e de R$ 2 milhões para esse ano.

Leia também:  "Derramo meu sangue por um companheiro" diz deputado após fazer tatuagem com nome de Temer

Nininho ressaltou que Rondonópolis é um dos municípios com maior índice de crescimento no Estado e os investimentos na área da saúde devem acompanhar o desenvolvimento econômico e social. “Colocamos R$ 100 mil para a compra do elevador para macas nesse ano, além da luta pela UTI Pediátrica e ampliação da Neonatal que vem desde o ano passado, quando incluímos também R$ 100 mil para essa finalidade”, explica o republicano.

O diretor presidente da Santa Casa, Marcelo Carruesco espera que a liberação das emendas parlamentares ocorra até o final desse ano, pois com a confirmação da emenda do deputado Nininho a compra do elevador especial foi efetivada essa semana.

“O elevador custa R$ 223 mil, dos quais R$ 90 mil foi doação do Rotary Clube de Rondonópolis através da Fundação Rotária Internacional e R$ 100 mil do deputado Nininho. Com essa segurança de termos a maioria do valor, faltando apenas R$ 33 mil, vamos autorizar a compra e temos que pagar até dezembro desse ano”, acrescenta Carruesco.

Leia também:  Rondonópolis | Inquérito investiga fraude de R$ 9,5 milhões em licitação para compra de merenda

A previsão de instalação do elevador é março de 2013. Com esse novo equipamento o hospital terá três elevadores e acompanha o crescimento dos leitos da unidade hospitalar, uma vez que a Santa Casa de Rondonópolis está recebendo em seu segundo andar as obras do Hospital do Câncer (que terá 58 leitos) e as futuras unidades da UTI Pediátrica e ampliação da Neonatal no quarto andar, mais 20 leitos previstos para 2013.

“Esse elevador leva a história de mais uma empreitada nossa. Nininho chegou na hora certa com esse recurso. Tínhamos assumido essa dívida. Iríamos fazer essa campanha por mais dinheiro junto à sociedade, pois todos sabem que a verba do SUS ou aquela proveniente do Estado e Município é só para pagamento de serviços e gastos como luz, água e recursos humanos”, salienta o diretor presidente da Santa Casa.

Leia também:  João Mototáxi protocola pedidos de estudos econômicos para a realização de obras na cidade

Atualmente, a Santa Casa tem 160 leitos ativos e mais de 70% dos pacientes são conveniados via Sistema Único de Saúde (SUS), considerando-se que a recomendação do Ministério da Saúde é de no mínimo 60%.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.