Na próxima segunda-feira (05/03) será aberta oficialmente a temporada 2012 da Fórmula Indy, com os treinos livres realizados no circuito de Sebring, na Flórida (EUA). Os 26 pilotos inscritos neste ano serão divididos em dois grupos, com o primeiro indo para a pista nos dias 5 e 6 e o segundo nos dias 8 e 9. Hélio Castroneves será o único brasileiro em ação durante os dois primeiros dias de treinos. Tony Kanaan e o estreante Rubens Barrichello estarão presentes nas duas últimas datas. O traçado de Sebring é conhecido pelas equipes por reproduzir muitas das características das pistas de rua – com irregularidades geradas por reasfaltamento, freadas fortes e pista estreita para os padrões modernos. Daí sua importância, em especial, para a etapa brasileira da categoria.

Vencedor das duas edições da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé, em 2010 e 2011, o australiano Will Power acredita que será difícil fazer qualquer prognóstico antes da prova de abertura do campeonato, a ser disputada em São Petersburgo, dia 25 de março – um mês antes da única etapa sul-americana da categoria, realizada justamente no Brasil. “A temporada vai ser muito interessante. Só depois da primeira corrida é que vamos ter ideia de qual motor será melhor para os circuitos mistos e até Indianápolis não teremos ideia de qual será o mais forte para os circuitos ovais”, afirmou o piloto da Penske.

Leia também:  Noivos são assaltados na saída da festa de casamento e são levados todos os presentes e o carro

Das quatro primeiras etapas de 2012, três serão disputadas em circuitos montados em ruas: São Petersburgo (25/03), Long Beach (15/04) e a Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé (29/04). A segunda etapa, no Alabama (01/04), é a única em traçado permanente. A quinta corrida da temporada será a primeira em um oval, justamente as 500 Milhas de Indianápolis (27/05). Por isso, a etapa de São Paulo será o último grande teste antes da badalada Indy 500.

Um capítulo à parte nos preparativos técnicos são os motores. A partir de 2012 a categoria terá três fornecedores, ao invés de apenas um: o novo 2.2 litros V6 turbo da Honda (que era exclusiva até 2011), o V6 biturbo da Chevrolet (fabricado em parceria com a antiga aliada Ilmor) e o Lotus, que será produzido pelo especialista John Judd (velho conhecido dos fãs das Fórmulas Indy e 1) em colaboração com o legendário piloto Jack Brabham. Os motores Judd foram usados na antiga Fórmula Cart – precursora da Indy Racing League – de 1987 a 1992. Devido à importância da nova competição entre os fabricantes de motor, em especial no que tange à confiabilidade do equipamento, não há limites para os testes deste equipamento, pelo menos nesta fase da temporada.

Leia também:  Morador de rua tem o braço quebrado após ser agredido por guarda civil em SP

Veja como ficaram divididos os grupos de pilotos para os treinos preparatórios que abrem as atividades oficiais da temporada:

Dias 5 e 6:

2 – Ryan Briscoe (Team Penske) – Chevrolet

3 – Helio Castroneves (Team Penske) – Chevrolet

6 – Katherine Legge (Lotus Dragon Racing) – Lotus

12 – Will Power (Verizon Team Penske) – Chevrolet

18 – James Jakes (Dale Coyne Racing) – Honda

19 – Justin Wilson (Dale Coyne Racing) – Honda

26 – Marco Andretti (Andretti Autosport) – Chevrolet

27 – James Hinchcliffe (Andretti Autosport) – Chevrolet

28 – Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport) – Chevrolet

77 – Simon Pagenaud (Sam Schmidt Motorsports) – Honda

Leia também:  Mais de 900 índios ficam sem moradia após fortes enxurradas em aldeia de RR

78 – Simona de Silvestro (Lotus HVM Racing) – Lotus

 

Dias 8 e 9:

4 – JR Hildebrand (Panther Racing) – Chevrolet

5 – E.J. Viso (KV Racing Technology) – Chevrolet

7 – Sébastien Bourdais (Lotus Dragon Racing) – Lotus

8 – Rubens Barrichello (KV Racing Technology) – Chevrolet

9 – Scott Dixon (Target Chip Ganassi Racing) – Honda

10 – Dario Franchitti (Target Chip Ganassi Racing) – Honda

11 – Tony Kanaan (KV Racing Technology) – Chevrolet

14 – Mike Conway (A.J. Foyt Racing) – Honda

15 – Takuma Sato (Rahal Letterman Lanigan) – Honda

20 – Ed Carpenter (Ed Carpenter Racing) – Chevrolet

22 – Oriol Servia (Lotus Dreyer & Reinbold Racing) – Lotus

38 – Graham Rahal (Service Central Chip Ganassi Racing) – Honda

67 – Josef Newgarden (Sarah Fisher Hartman Racing) – Honda

77 – Alex Tagliani (Team Barracuda – BHA) – Lotus

83 – Charlie Kimball (Novo Nordisk Chip Ganassi Racing) – Honda

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.