As jovens que se vestiram como freiras em festas realizadas pelo ex-premiê italiano Silvio Berlusconi estavam apenas fazendo um “jogo burlesco”, disse ele nesta sexta-feira (20/04), em sua primeira aparição num julgamento por acusações de ter pagado por sexo com uma prostituta menor de idade.

“Na minha casa só houve jantares elegantes, e depois do jantar, às vezes, íamos para o teatro, a ex-discoteca dos meus filhos, onde havia uma atmosfera de animação e afeto”, disse Berlusconi (75), a repórteres durante uma pausa na audiência.

No início desta semana, uma modelo marroquina, Imane Fadil, declarou que uma das festas envolveu mulheres jovens, às vezes em duplas, vestindo trajes de freiras e se despindo durante danças obscenas em um mastro.

Leia também:  Livro autografado de Hitler é leiloado por R$ 70 mil no Reino Unido

“Elas começaram a dançar como as freiras do filme “Mudança de Hábito”, e então elas tiraram as roupas”, contou ela ao tribunal. Em outra festa, uma mulher de lingerie tirou a roupa para Berlusconi usando uma máscara com o rosto do jogador Ronaldinho, disse ela.

Questionado sobre as fantasias, Berlusconi disse: “Nós brincamos de jogos burlescos”.

Berlusconi é acusado de pagar para ter sexo com a marroquina Karima El Mahroug em 2010, quando ela tinha 17 anos, e, em seguida, ter feito uso de seu cargo para conseguir que ela fosse libertada da custódia policial depois de ter sido presa por roubo.

Os promotores dizem que dezenas de dançarinas e estrelas aspirantes receberam dinheiro e outros presentes para participar de brincadeiras sexuais na casa dele em Milão.

Leia também:  Prédio desaba e deixa pessoas desaparecidas na Quênia

Berlusconi, que nega todas as acusações, diz que ele estava apenas ajudando as mulheres jovens por generosidade e acusa os magistrados de montarem uma campanha politicamente tendenciosa contra ele.

Na sexta-feira, ele disse que ainda estava dando dinheiro para o pequeno exército de mulheres envolvidas no caso, sendo que algumas delas contradisseram sua linha de defesa no julgamento.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.