O auxiliar de serviços gerais Bruno Alves de Oliveira (20) foi assassinado na noite desta quarta-feira (11/04) em frente a um bar no bairro Jardim Carlos Bezerra I. De acordo com a Polícia Militar (PM), Bruno morreu com dois tiros, sendo um tórax e outro nas costas. Segundo a PM, o alvo dos suspeitos era uma pessoa conhecida como Cezinha e não Bruno de Oliveira.

Uma testemunha afirmou a PM que estava junto com Bruno e teria ido ao banheiro, onde chegou a ouvir barulhos, mas pensou que era de bombinha, mas quando retornou já encontrou Bruno de Oliveira caído no chão em agonia.

De acordo com a PM, dois suspeitos que estavam de moto se aproximaram do local e efetuaram quatro disparos e fugiram em seguida. Segundo a PM, o piloto da motocicleta aparentava ter cerca de 20 anos, já a pessoa que estava na garupa e que efetuou os tiros, aparentava ter 22 anos.

Leia também:  Concessionária é acionada para resolver problema e carro pega fogo após curto circuito

A PM foi informada de que Bruno de Oliveira trabalhava em um ferro velho e ao ser checado no Sistema Infoseg não se encontrou nenhum crime que o auxiliar de serviços gerais teria praticado. O caso será investigado pela Delegacia Distrital de Vila Operária.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.