Mato Grosso está entre os oito Estados brasileiros que acumulam alta na quantidade de casos de dengue registrados entre janeiro a abril. Foram 13.802, aproximadamente 290,10% superior ao analisado em 2011, quando atingia 3.538, segundo o Ministério da Saúde. Nesta análise, também ganham destaque na relação as seguintes localidades: Bahia, com 28.154 casos, Pernambuco (27.393), Tocantins (11.589), Alagoas (6.465), Mato Grosso do Sul (4.579), Sergipe (3.814) e Roraima ( 822).

Conforme o ministério, Mato Grosso também está entre as dez regiões que concentram 81,6% (233.488) dos casos notificados neste ano no país, junto com Rio de Janeiro, Bahia, Pernambuco, São Paulo, Ceará, Minas Gerais, Tocantins, Pará e Rio Grande do Norte.

Leia também:  Justiça Comunitária oferta serviços gratuitos de cidadania neste sábado

O levantamento aponta que a maior concentração de casos notificados em quatro meses no Estado é em Cuiabá, que registrou alta de aproximadamente 476,97%. Passando de 773 em 2011 para 4.460 nos primeiros quatro meses deste ano. Na capital, apenas uma morte foi confirmada no período analisado.

No país circulam quatro tipos de vírus da dengue. Em 2012, os tipos DENV 1 e DENV 4 foram os mais comuns, com 59,3% e 36,4%, respectivamente. Foram avaliadas 2.098 amostras positivas. No entanto, essa distribuição apresenta variações entre as cinco regiões brasileiras, segundo o estudo do Ministério da Saúde. No Norte o percentual de 85,5% e no Nordeste registrou-se 81,5% de predomínio do DENV 4. Já nas regiões Centro-Oeste e Sul o DENV 1 circulou com maior predominância (53,3% e 83,8%). Já no Sudeste há equilíbrio entre os dois sorotipos – 46,8% de DEN 1 e 49,7% de DEN 4.

Leia também:  Intolerância | Três dos seis assassinatos de travestis em MT são por homofobia
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.