Foto: Tribuna do Norte

Um veículo da Polícia Militar que fazia patrulhamento de rotina na comunidade da Rocinha, na Zona Sul do Rio, foi atacado por uma bomba caseira atirada por moradores revoltados com a prisão de um suspeito na madrugada deste sábado (15). As informações são da Polícia Militar. Ninguém ficou ferido e o veículo não sofreu maiores avarias, disse a polícia.

Segundo a PM, policiais em patrulhamento na Rua 2 abordaram um suspeito num local onde acontecia uma festa. O rapaz foi levado para a delegacia e liberado por que nada constava contra ele. Ainda de acordo com a PM, moradores que participavam da festa se revoltaram com a detenção do suspeito e atiraram um explosivo caseiro na viatura.

Leia também:  Com xingamentos e fuzil nas mãos policial agride e ameaça moradora do RJ

Desde novembro, a Rocinha é ocupada por militares, que preparam a instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) programada para ser inaugurada na próxima semana.

Na manhã deste sábado, policiais da Divisão de Homicídios iniciaram uma operação na comunidade para localizar os autores da morte do soldado PM Diego Bruno Barbosa Henriques, baleado na quinta-feira (13) quando fazia patrulhamento a pé. Na sexta-feira (14), policiais militares detiveram um menor suspeito da morte do soldado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.