Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

A diretoria do Sanear esteve reunida na tarde de hoje (23) com os vereadores de Rondonópolis para falar sobre os problemas da falta de água e das obras de esgoto. O diretor geral do Sanear, Jean Carlos Lopes Lino, afirmou que essa escassez de água sempre existiu na cidade e que se trata de uma falta de planejamento.

De acordo com o diretor o período de seca contribuiu para que o problema se agravasse e mesmo vindo à chuva o problema não se resolveu, mas sim pelo contrário. “Com a chuva dos últimos dias, o Rio Vermelho que abastece a cidade ficou ‘barrento’ o que dificulta a captação da água, porque entope os filtros ai é preciso fazer a manutenção. Todo esse processo está sendo feito a cada dez dias e para reestabelecer a água nos bairros após cada limpeza demora em torno de dois dias”, fala.

Leia também:  Rondonópolis e outros 10 municípios terão novas viaturas para reforçar a segurança

Jean afirma que para amenizar o problema, o Sanear está trabalhando para a construção de poços artesianos. “Em breve será construído três que vão atender as regiões do Coophalis, Monte Líbano e UFMT”, conta. O diretor falou que até que não haja planejamento não será liberada a construção de novos residenciais no munícipio porque isso faz o problema ficar ainda maior.

Quanto ao esgoto, Jean alegou que tem faltado boa vontade da empreiteira responsável pela obra, a Locateli, que fez a previsão da entrega para 365 dias e a construção já dura cinco anos. Segundo Jean, a empresa conta com poucos funcionários para atender a construção, o que na opinião dele não deveria acontecer, já que se trata de uma obra de R$ 10 milhões.

Leia também:  Reclamações de energia elétrica lideram ranking no Procon de Rondonópolis

“O dinheiro está liberado, mas as obras não caminham. Já pedimos aceleração da construção, mas a empreiteira não tem demonstrado interesse em conclui-las. A empresa alega que a obra está dando prejuízo”, conta. Diante das informações prestadas pela diretoria do Sanear, os vereadores decidiram que a empreiteira deve ser ouvida e que para o próximo encontro os representantes da empresa serão convidados a prestar esclarecimentos.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=kXI9_1HAB7w[/youtube]

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.