O debate da Tv Cidade Record na noite desta segunda-feira (01/10), apresentou alguns detalhes que todos conhecem mais ninguém quer falar, principalmente os candidatos a prefeito.

É o caso do deputado Percival Muniz, que ao tentar justificar os inúmeros processos que responde na justiça, “apontou o dedo” para o Padre Lothar afirmando que este também responde a processos, em uma comparação a qual os fiéis não devem ter gostado muito. Outro fato relembrado da administração Percival durante o debate foi o processo, em que Percival ainda é réu, do famoso caso Femarketing, onde a empresa da mãe do chefe de gabinete de Percival foi a vencedora da licitação para a organização do carnaval rondonopolitano.

Leia também:  Serys fica inelegível por período de oito anos

O candidato Juca Lemos também teve seu nome associado a escândalos, já que quando participava da administração do próprio Percival Muniz, viu um dos seus assessores e braço direito, sair do ex-Departamento de Água e Esgoto (DAE), atualmente Sanear, ser preso após acusações de ilicitudes na gestão do órgão.

Para Ananias restou explicar as obras da travessia urbana de Rondonópolis.

Em meio as manifestações de partidários de todos os candidatos, já há quem diga que o grande vencedor do debate da TV Record foi o cidadão rondonopolitano que pode realmente saber qual é a verdadeira face dos candidatos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.