O deputado federal Wellington Fagundes (PR) se reuniu em São Paulo com a direção da Fundação São Camilo, que administra o Hospital Regional de Rondonópolis, para propor uma parceria entre a Fundação e o campus Rondonópolis da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). A intenção é permitir que os alunos possam realizar aulas práticas e acompanhar procedimentos clínicos na unidade.

 

“Estamos no processo de implantação do curso de medicina no campus da Universidade Federal, os recursos já foram alocados e agora queremos transformar o Hospital Regional em hospital escola, precisamos formar profissionais sérios e capacitados”, explicou Fagundes.

 

Outro ponto importante no projeto encabeçado pelo parlamentar é quanto a necessidade de se incentivar o trabalho de médicos no interior do Estado. “Há uma grande dificuldade em levar médicos para trabalhar no interior, mas quando eles se formam na sua cidade e convivem com a população local, há maiores chances de continuarem a trabalhar na região”, completou.

Leia também:  1° Festiflora acontece nesta sexta, sábado e domingo em Rondonópolis

 

Para o diretor geral da Fundação São Camilo, Domingos Savi, desde que o projeto beneficie Rondonópolis e o Estado de uma maneira geral, a instituição tem todo interesse em firma a parceria.

 

Hoje a Fundação administra 54 hospitais em 14 estados do país, em Mato Grosso é responsável pelas unidades de Rondonópolis, Nova Mutum e Campo Verde.

 

Curso de Medicina

 

O Ministério da Educação confirmou a implantação do curso na Universidade Federal de Rondonópolis. A expectativa é que as aulas tenham início em 2014. Com o apoio de parlamentares a Universidade também conta com recursos para a construção de laboratórios e salas de aulas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.