Os candidatos aprovados no último concurso promovido pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso realizaram nesta sexta-feira (18.01), no auditório da Procuradoria Geral de Justiça, a escolha dos locais onde irão atuar. O próximo passo será a realização dos exames admissionais. A previsão é de que as nomeações ocorram em fevereiro.

De acordo com o secretário geral do MPE, promotor de Justiça Mauro Curvo, o Ministério Público passará a contar com 64 novos servidores, distribuídos nos cargos de analistas, técnicos administrativos e auxiliar motorista. As 40 vagas destinadas aos técnicos administrativos serão preenchidas no interior do Estado.

Conforme quadro de vagas, as Promotorias de Justiça que receberão novos técnicos Administrativos estão localizadas nos seguintes municípios: Alto Araguaia, Água Boa, Alto Taquari, Apiacás, Araputanga, Barra do Bugres, Brasnorte, Campo Novo do Parecis, Cláudia, Colniza, Cotriguaçu, Guarantã do Norte, Itaúba, Itiquira, Jauru, Juara, Lucas do Rio Verde, Marcelândia, Mirassol D´Oeste, Nova Canaã do Norte, Nova Monte Verde, Paranatinga, Pontes e Lacerda, Porto Alegre do Norte, Ribeirão Cascalheira, São José do Rio Claro, São José do Quatro Marcos, Sapezal, Sorriso, Tapurah e Vila Rica.

Leia também:  Mato Grosso é o 3º que mais contratou jovens aprendizes em 2017

Em Cuiabá, serão preenchidas vagas para analistas (Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Tecnologia da Informação, Engenheiro Civil, Engenheiro Florestal e Geólogo). Algumas vagas destinadas aos assistentes sociais também serão lotadas nos municípios de Barra do Garças, Tangará da Serra, Cáceres, Sinop, Rondonópolis e Várzea Grande. Já as quatro vagas para motoristas serão preenchidas na Capital.

O referido concurso público foi realizado em outubro do ano passado. Aproximadamente 37 mil candidatos disputaram as 64 vagas existentes. Destas, 20 foram para nível superior, 40 para nível médio e 04 para ensino fundamental. Atualmente, o Ministério Público conta com aproximadamente 600 servidores.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.