Seis espanholas foram estupradas na madrugada de segunda-feira (4) por cinco homens armados que invadiram uma casa no balneário mexicano de Acapulco, onde estavam com outros sete espanhóis e uma mexicana.

A informação foi confirmada pelo prefeito de Acapulco, Luis Walton Aburto.

As turistas foram atacadas quando estavam do lado de fora de uma casa na praia Barra Vieja. Os outros ocupantes da casa foram amarrados e amordaçados.

As espanholas e seus acompanhantes apresentaram uma denúncia na segunda-feira.

Leia também:  Após uma campanha com 130 políticos mortos, mexicanos vão às urnas neste domingo

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.