Um dia após o assalto das agências bancárias Brasil, Bradesco, Sicredi e Correios, no município de Vila Rica, distante cerca de 1,1 mil quilômetro de Cuiabá, na região do Araguaia. A Polícia Militar (PM) intensificou as buscas ao bando que fugiu em uma estrada ‘rumo’ ao estado do Pará. Mais de 50 homens estão empenhados no encalco da quadrilha.

O comandante do 10º Comando Regional, Tenente Coronel Araújo, embarcou com um grupo de quatro policiais no helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas do Mato Grosso (Ciopaer), rumo à região de mata onde os bandidos abandonaram a camionete que utilizaram na fuga.

PJC

Ao Site AGORA MT, o Delegado da Polícia Judiciária Civil (PJC) de Vila Rica, Michel Mendes Paes, disse que a civil está atuando na linha de investigação do caso.

Leia também:  Maior presídio de MT registra cerca de 60 presos com tuberculose isolados para tratamento

“Estamos fazendo um trabalho de levantamento de dados e eliminação de possibilidades. A princípio o planejamento da quadrilha não deu certo e por isso teriam abandonado a caminhonete, porém estamos investigando porque pode ser uma forma de despistar a polícia”, ressaltou o Delegado.

FUNCIONAMENTO

Apesar do susto, o comércio local permanece aberto normalmente e somente a agência do Bradesco também deve funcionar nesta quarta-feira (10), as outras atenderão apenas com um caixa eletrônico. Os bancos estão sob perícia para avaliar os danos matérias e monetários.

SAIBA MAIS – Bandidos assaltam bancos e Correios e fogem levando reféns

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.