Duas cidades mato-grossenses estão entre as que mais ganharam novos milionários nos últimos dois ano. Cuiabá é a 2ª no ranking feito pelo Haliwell Bank (banco americano), MCF Consultoria e GFK Brasil. Rondonópolis aparece em 6º lugar. A capital mato-grossense teve crescimento de 23% no número de milionários (pessoas que tem US$ 1 milhão para investimento imediato) mesmo percentual de crescimento da líder, Porto Velho (RO).

No ranking do aumento na quantidade de milionários estão ainda Campina Grande (PB), na 3ª colocação, Campo Grande (MS) em 4º, Palmas (TO) em 5º, Teresina (PI) em 7º, Sorocaba (SP) em 8º, Vitória (ES) em 9º e Vila Velha, em 10º, completando o levantamento.

Leia também:  Mulheres representam a maioria dos usuários da internet em Mato Grosso

O Centro-Oeste é a região que mais teve milionários de 2011 para cá. O crescimento foi de 10%, impulsionado por setores como a agropecuária (que cresceu 13% nos últimos 12 meses). Na região Norte, o crescimento foi de 2%, Sudeste 1%, Nordestes 0,5%. Na região Sul, diminuiu 0,6%. O Estado de São Paulo concentra 49% dos milionários brasileiros.

A revista Exame informa que, com o crescimento no número de milionários, empresas de luxo, cansadas de disputar clientes em shoppings de São Paulo, estão indo ao interior do país vender seus produtos, de olho nos novos ricaços que estão comprando uma série de produtos importados, de alto valor – carros, aviões, vinhos, relógios e muitos outros produtos luxuosos.

Leia também:  Dados mostram que ricos receberam 36 vezes acima do que ganharam os pobres em 2017

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.