Ninguém sabe por que, mas as constantes quedas de luz que param as sessões da Câmara de Vereadores de Cuiabá acontecem já há algum tempo e só agora se deram conta de que era preciso fazer algo.

A solução foi pedir ajuda a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (SAL/MT), que resolveu emprestar seu plenário para os vereadores poderem trabalhar.

Agora, depois de algum tempo passando pelo constrangimento de ter que parar as sessões por conta das quedas de energia, a direção da Câmara resolveu tomar uma atitude.

Enquanto ocupam o espaço da AL/MT, vão pedir para a Rede Cemat verificar o que pode estar causando os transtornos ‘elétricos’.

Leia também:  Nova onda na Câmara

Procurado pela reportagem do AGORA MT, um vereador que não quis ser identificado para não causar mal estar entre o partido que representa e o da presidência disse que a diretoria já sabe qual é o problema: uma fiação mais velha que o próprio prédio, e que podia causar inclusive maiores danos ao prédio, como incêndio.

“Tem colega nosso que disse que iria se manifestar na imprensa caso algo não fosse feito, isso tudo porque tinha medo de que o prédio pegasse fogo devido aos fios velhos”, declarou o parlamentar.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.