Vereador e membros do MST - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Vereador e membros do MST – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

O vereador Thiago Silva (PMDB) acompanhou membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST),  em uma reunião no Ministério Público (MP) na tarde desta segunda-feira (13), que tem como objetivo discutir a devolução do terreno pertencente ao movimento à prefeitura, determinado pelo MP.

O representante da coordenadoria estadual do movimento, José Vieira, explicou que a prefeitura cedeu uma área para o MST, no bairro Santa Marta, onde foi construída a secretaria que serve de alojamento e ponto de concentração dos trabalhadores, contudo por meio de uma notificação do Ministério Público Estadual o prefeito deve retomar o local. Segundo informações adquiridas, o contrato de comodato entre a prefeitura e MST foi firmado em 1998, com validade de 10 anos. “Estamos lutando para continuar com o terreno, que tem vários benefícios para nós” diz José Vieira. (leia mais)

Leia também:  Transporte público será gratuito no desfile de 7 de setembro em Rondonópolis

Thiago Silva afirma que irá tentar intermediar para que a situação seja revista. “A entidade desenvolve vários trabalhos sociais, que tem atingido resultados. É justo que eles possam ter um lugar para discutir questões sociais” diz o Vereador.

Outras audiências serão realizadas para que o caso seja resolvido.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.