Em uma quinta-feira ensolarada, as piscinas do Minas Tênis Clube brilharam mais que o normal. O clube apresentou oficialmente o medalhista de ouro olímpico Cesar Cielo. O nadador vai defender o clube nas próximas três temporadas.

Cesar Cielo mostrou estar contente com o acerto e disse que a estrutura do clube mineiro é a melhor para voltar a nada bem, depois de se recuperar por quase seis meses e meio de cirurgia nos joelhos.

– Eu estou muito feliz com esta parceria, não precisa nem falar muito. O Minas há anos é um dos clubes de elite da natação. Espero continuar o que vem sendo feito, continuar adicionando títulos. Ano passado quando eu passei pela cirurgia no joelho, eu tinha conversado com o Minas, mas não sabia em que condições físicas eu estaria. Hoje eu sinto que eu posso nadar bem de novo. Podem me colocar no revezamento, de borboleta. Eu me sinto mais confortável e apto para competir. Eu estava precisando desta confiança. A decisão foi fácil, eu esperava um lugar com estrutura técnica e física e pode se falar que o Minas é o melhor clube de esportes olímpicos do Brasil.

Leia também:  Torneio de tênis começa nesta quarta em Cuiabá

O nadador tem oito medalhas de ouro em campeonatos mundiais e fica no clube de Belo Horizonte até as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. A equipe de natação do Minas venceu o Troféu Maria Lenk, o Troféu José Finkel e os Brasileiros de Inverno e de Verão em 2013, o que foi decisivo para a escolha de Cielo em atuar pelo clube.

No ano passado, Cesar Cielo voltou às origens e defendeu sua antiga casa na adolescência, o Clube de Campo de Piracicaba (CCP), no Troféu Maria Lenk. Em fevereiro deste ano, Cielo, assim como Felipe França, pediu dispensa dos Jogos Sul-Americanos que estão acontecendo em Santiago, no Chile.

Leia também:  Luve vence fora de casa e escapa da degola

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.