Um total de 1.400 veículos podem ir à leilão se os proprietários e credores não procurarem as unidades do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) nos próximos  30 dias. Foi publicado no Diário Oficial do Estado três editais de notificação para proprietários de veículos apreendidos nas cidades de Barra do Garças, Cáceres e Rondonópolis. São 415 veículos de Cáceres, 413 veículos de Barra do Garças e 595 veículos de Rondonópolis.

“O proprietário tem 30 dias para procurar nossas unidades e regularizar a situação do veículo. Se não o fizer, o mesmo vai à leilão”, disse Anderson Gomes Amaral, presidente da Comissão de Leilão do Detran.

A notificação é para os proprietários e credores dos veículos relacionados nos editais para a quitação dos débitos e posterior retirada dos carros, motocicletas e outros. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), artigo 38, os veículos não reclamados vão à hasta pública em 90 dias.

Leia também:  Trincheira em avenida de Cuiabá será totalmente interditada por cinco dias

“Nossa missão é limpar os pátios das unidades do Detran, inclusive fazendo parceria com o Judiciário para resolver casos que estão além de nossas condições de resolvê-los” – disse o presidente do Detran, Eugênio Destri.

Atualmente, o Detran guarda cerca de 28 mil veículos  em todo o Estado. Desse total, 18 mil são motocicletas. Na sede do órgão em Cuiabá, a capacidade de armazenamento é para pouco mais de 3,5 mil veículos. Existem aproximadamente 5 mil veículos ocupando o espaço, contando com o terreno situado na avenida Antártica, na região do bairro Santa Rosa, que também já está cheio. No pátio do Centro Político Administrativo, por exemplo, há carros parados nas calçadas e canteiros – o que demonstra por si só a superlotação.

Leia também:  Disponível o gabarito do concurso para apoio administrativo da Seduc
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.