Um dos grandes nomes da natação continua vivendo um drama pessoal. De acordo com a TV australiana, ”Seven Network”, o australiano Ian Thorpe contraiu a infecção após passar por uma cirurgia em um hospital na cidade de Ronco sopra Ascona, onde reside, na Suíça. Segundo relatos, ele está em tratamento intensivo em Sydney, para onde foi transferido. Por enquanto, o maior temor é de que o ex-nadador perca os movimentos do braço esquerdo.

No entanto, segundo a rede de TV ”ABC”, o empresário de Ian Thorpe, James Erksine, afirmou que o ex-atleta olímpico está sendo tratado com altas doses de antibiótico e não está na UTI. O agente também rebateu as notícias divulgadas, afirmando que a cirurgia do ”Torpedo” aconteceu na Austrália, e não na Suíça. James também acredita que o atleta não será capaz de nadar de forma competitiva novamente.

Leia também:  União, mesmo com derrota, avança e joga de novo contra o Dom Bosco

– É sério, mas sem risco de vida. Do ponto de vista de competitividade, acho que ele não será capaz de nadar de novo competindo – disse o empresário, à agência ”Reuters”.

Em fevereiro, a família de Thorpe, de 31 anos, revelou que o nadador estava lutando contra uma depressão. Na mesma época, foi divulgado pela mídia internacional que o ex-atleta foi encontrado pela polícia “tonto e desorientado”, em Sydney, e levado para um hospital.

Um dos principais nomes da história do esporte de seu país, Ian Thorpe ganhou cinco medalhas de ouro em Jogos Olímpicos, sendo o australiano com mais medalhas de ouro olímpicas. Foram duas nos 400m nado livre (Sydney-2000 e Atenas-2004), mais duas em casa nos revezamentos 4x100m e 4x200m, além dos 200m na Grécia. Em 2001, se tornou a primeira pessoa a ganhar seis medalhas de ouro em um Campeonato Mundial. No total, o “torpedo” ganhou onze medalhas de ouro em Mundiais, o segundo maior número de um nadador.

Leia também:  Holloway vence a luta contra José Aldo
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.