Estimativas do Pyxis Consumo, ferramenta de dimensionamento de mercado do IBOPE Inteligência, apontam que os brasileiros devem gastar cerca de R$ 43,4 bilhões com calçados ao longo de 2014. Isto representa uma elevação de 7,6% em relação ao ano anterior. Este consumo indica um gasto equivalente a R$ 255,04 por habitante.

O instituto também revelou, após o encerramento da Francal, Internacional da Moda em Calçados e Acessórios (principal evento do segmento no Brasil), que a classe C é quem possui um maior potencial de consumo (R$ 18,5 bilhões), o que significa 43% do total do país. A classe B veio logo em seguida com uma projeção de consumo avaliado em R$ 17,3 bilhões ou 40% dos gastos nacionais, e a classe A, R$ 3,9 bilhões (9% do consumo total do Brasil).

Leia também:  Comércio entra em clima junino em Rondonópolis e empresário prevê crescimento de até 20% nas vendas  | TV Agora

Por região, a Sudeste apresenta o maior potencial de consumo neste mercado: são R$ 21,5 bilhões, o que equivale à metade dos gastos projetados para o país. O Nordeste é o segundo desta lista, com potencial estimado em R$ 8,1 bilhões (19%) e, em seguida, a região Sul aparece com potencial de R$ 7,4 bilhões (17%).

Quando os dados de classe e região são combinados, é possível identificar que a Sudeste apresenta o maior potencial de consumo, representado pelas classe B (R$ 9,3 bilhões) e C (R$ 8,9 bilhões). O menor consumo de calçados no país, ainda segundo o Pyxis Consumo, ficará situado nas classes D e E, da região Centro-Oeste, projetado em R$ 256,17 milhões.

Os valores são referentes somente no caso de consumo domiciliar, ou seja, às compras de pessoa física junto a varejistas do ramo, e incluem os calçados masculinos (social, chinelo e sandália), femininos (social, bota, sandália, tamanco, chinelo e sapatilha), esportivos (tênis e sapatênis adulto) e infantis (tênis, sandália, sapato, bota, chinelo e sandália).

Leia também:  Saque do FGTS de contas inativas movimentam R$ 44 bilhões na economia
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.