Os aprovados no concurso realizado nesse ano para a Polícia Militar (PM), Polícia Judiciária Civil (PJC) e Corpo de Bombeiros receberam nesta quarta-feira (16), as informações do Governo do Estado sobre datas para recursos e resultado final do certame.

No último dia 8, os aprovados pediram apoio do deputado estadual José Riva (PSD) para a convocação e definição de cronograma para a segunda fase.

O resultado da classificação da primeira etapa no concurso para a Polícia Civil foi divulgado hoje e o prazo para recurso é de quinta até sexta-feira (17 e 18/7). Já o resultado dos recursos e o resultado final da primeira etapa será divulgado no dia 23 de julho.

O concurso para a PM e CBM terá o resultado dos recursos para a IS e classificação final divulgados na próxima segunda-feira (21). O prazo para recursos é de 22 a 23 de julho e o resultado final e homologação acontece no dia 28, de acordo com informações da Secretaria de Estado de Administração (SAD).

Leia também:  Aumenta consumo de combustíveis em MT

Após receber a comissão de aprovados, o deputado Riva se reuniu com o secretário de Administração, Pedro Elias, para pedir celeridade na nomeação dos aprovados. Também conversou com o comando da PM e direção-geral da PJC para debater o cronograma para a convocação para a academia.

“A segurança pública conta com déficit e é necessário que os aprovados sejam chamados, até porque quando se inicia um concurso, é realizada a consulta das finanças do Estado, se verifica o quanto falta de pessoa na determinada área”, explica Riva.

CONCURSO – O pedido é que a convocação seja feita até o próximo mês das 600 vagas da PJC, previstas no edital. Para o ano que vem, a solicitação é que sejam chamados mais 435 classificados. “Já fizemos a primeira fase e pedimos imediatamente a convocação para a academia. Agradecemos o deputado Riva pelo atendimento e pedimos apoio para a nossa convocação”, afirmou Wladmir Mesquita na oportunidade, aprovado para investigador da Polícia Civil.

Leia também:  Concurso da educação tem a participação de mais de 100 mil pessoas

De acordo com a comissão, um dos impedimentos alegados pelo Governo do Estado é a ausência do montante para a segunda fase do concurso, que é de cerca de R$ 700 mil. “Muitos candidatos deixaram seus empregos, pais de família estão desempregados, alguns vieram de outros estados, pois o prometido pelo governo era já para os aprovados atuarem na Copa do Mundo em Cuiabá”, relatou.

Já o concurso para a Polícia Militar era para 1200 vagas e mais 800 classificados. “O governo não se posicionou sobre datas. Tivemos custos de aproximadamente R$ 1,6 mil para parte física, psicológica, técnica e não tivemos respaldo do executivo com um cronograma”, afirmou à época, Cleyton Assunção.

Leia também:  Com falta de repasses, hospitais beneficentes de MT podem fechar

Confira abaixo:

Polícia Civil 

16/07 – Resultado da classificação da 1ª etapa

17 e 18/07 – Prazo para recursos

23/07 – Resultado de recursos e resultado final da 1ª etapa

 

PM e Bombeiros 

21/07 – Resultado dos recursos para IS e classificação final

22 e 23/07 – Prazo para recursos

28/07– Resultado final e homologação

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.