Um comercial estrelado pelo deputado federal Tiririca (PR-SP) que tenta a reeleição neste ano foi proibido de passar na rádio e televisão. A propaganda foi parar no  Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo que suspendeu na terça-feira (15) a veiculação do comercial.

Em decisão liminar (provisória), o desembargador Cauduro Padin, juiz auxiliar da corte, afirmou que a exibição do anúncio em período eleitoral fere a “igualdade e a isonomia” entre os candidatos.

O artista protagonizou um filme publicitário do site de classificados bomnegocio.com, famoso pelos anúncios com celebridades como os cantores Supla e Compadre Washington.

A proibição do comercial foi pedida pelo próprio PR, partido de Tiririca.

Advertisements
Leia também:  Sem alternativa

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.